Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Buscas no Site
Buscar
Em     
>> Usuário não cadastrado <<
terça-feira,
6 de dezembro de 2016
Atualizado em: 19/11/2016
     
Fraudes Diversas e Tecnológicas
Falsos sites de Bancos




Em baixo uma série de falsas páginas de bancos capturadas na internet depois de ter recebido e-mails (também reproduzidos em baixo) que convidavam a acessar tais páginas para participar de alguma coisa !!
É importante ressaltar que, apesar dos bancos em geral tomarem todas a medidas possíveis para prevenir fraudes, nada impede que golpistas criem sites parecidos com os verdadeiros dos banco e os coloquem on-line em endereços diferentes, tentando depois enganar suas vítimas de várias maneiras para fazer com que acessem estes falsos site. Os bancos fazem tudo o possível para tentar tirar do ar estes falsos sites assim que tomarem conhecimento da existência deles, mas é responsabilidade dos usuários não acessá-los e verificar bem os sites que são acessados e sobretudo seguir SEMPRE as medidas de segurança indicadas pelos próprios bancos. Os modernos sistemas de internet banking dos bancos brasileiro, em geral, podem ser considerados plenamente seguros quando o usuário seguir sistematicamente e rigorosamente as indicações e procedimentos de segurança.
Algumas das imagens abaixo tiveram os nomes e logos do banco cancelados ou descaracterizados por solicitação do próprio banco.

A seguir a nova safra de falsos sites aos danos dos clientes do Banco Itau. Estes e-mails, e o relativo site, iniciaram a aparecer no inicio de Novembro de 2003.

Outros dois exemplos de telas falsas mais recentes (2006 e 2007 respectivamente).
No primeiro os golpistas solicitam TODOS os números dos novos cartões de segurança utilizados por muitos bancos. É importante ressaltar que os bancos SEMPRE solicitam um único numero por cada sessão ou operação. Nunca solicitam TODOS os números. Fornecer todos os números equivale a anular a segurança provida pelos cartões e abrir aos golpistas o acesso à conta.

No segundo eles solicitam TODOS os dados e senhas relativas a um cartão de crédito de bandeira nacional. Fornecer estes dados significa permitir que os golpistas usem o cartão para suas compras.

Por fim, alguns exemplos de fraudes online envolvendo cartões de crédito. Nestes casos (a primeira imagem é de um caso e a segunda e terceira são duas telas sucessivas de outro caso), através de falsos sites e com a desculpa de um suposto concurso de uma operadora de cartões, os golpistas solicitam todos os dados relativos ao cartão da vítima, incluindo nome, CPF e código de segurança, de forma que o cartão possa passar a ser usado abusivamente inclusive em transações online (compras, pagamentos etc...).

CAPÍTULO  Anterior -  Próximo


Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados.   Design by D.Al. Eventos | "O Monitor" | Humor | Mapa do Site | Estatísticas | Contatos | Aviso Legal | Principal