Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Buscas no Site
Buscar
Em     
>> Usuário não cadastrado <<
sexta-feira,
9 de dezembro de 2016
Atualizado em: 19/11/2016
     
Fraudes Financeiras e Comerciais
Exemplo e dicas para identificar LCs falsas




Em seguida um exemplo de falsa Carta de Crédito (LC) com indicação e explicação de alguns dos principais pontos e detalhes que a identificam como fraudulenta.


DICAS E PRECAUÇÕES

É importante entender que as informações presentes numa LC autêntica e os termos utilizados são normalmente estabelecidos nos padrões da ICC (International Chamber of Commerce). As regras e a linguagem utilizada são muito específicas e não costumam ser modificadas em relação aos padrões publicados pela ICC 500 ou pela ICC 600 (mais recente).
Vale ainda lembrar que uma LC normalmente é um mero instrumento de garantia de pagamento, e sucessivo efetivo pagamento, em uma transação comercial entre um comprador e um vendedor de alguma mercadoria.
As partes de uma Carta de Crédito (LC) são:

(1) o comprador (requerente)
(2) o banco do comprador (emissor)
(3) o beneficiário (vendedor a ser pago)
(4) o banco do beneficiário (banco recebedor ou advisor).
(5) o eventual banco confirmador (freqüentemente o mesmo recebedor)

Uma LC deve descrever as condições sob as quais o pagamento será feito ao terceiro (o beneficiário). As condições são definidas pelo comprador e podem incluir certidões, documentos de embarque, alfandegários e qualquer outro documento que o comprador considere necessário para se garantir quanto à integridade da mercadoria ou serviço comprado.

É responsabilidade do banco emissor garantir, por conta do seu cliente (o comprador), que todas as condições documentais sejam cumpridas antes de liberar os fundos relativos à LC.
Na prática uma LC é um contrato financeiro entre o banco emissor, o cliente do banco (o comprador) e o beneficiário, e este contrato envolve a transferência de mercadorias ou serviços em troca de dinheiro.

É importante notar que uma LC é um contrato cujos termos e condições devem ser respeitados para que vire dinheiro e NÃO é um cheque pagável sem condições. É também importante entender que uma LC pode ser REVOCABLE ou IRREVOCABLE (revogável ou irrevogável). Uma LC REVOCABLE pode ser modificada ou cancelada pelo banco emissor e pelo comprador quase a qualquer momento, ou seja não constitui uma garantia de pagamento muito segura.

É importante, ainda, notar que uma LC válida NUNCA contém o termo "one year and one day" que é uma invenção absurda de golpistas.

É fundamental entender que uma LC não pode ser comprada por um percentual do seu valor de face. O comprador, para conseguir e emissão da LC, deverá possuir, em depósito junto ao banco emissor, 100% dos fundos necessário para o pagamento da LC ou em alternativa deverá ter conseguido um acordo com o banco para que este financie tal valor (neste caso estará pagando juros), normalmente em troca de alguma outra garantia ou recebível.
Inicial  Anterior  Próxima  Última 


Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados.   Design by D.Al. Eventos | "O Monitor" | Humor | Mapa do Site | Estatísticas | Contatos | Aviso Legal | Principal