Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Buscas no Site
Buscar
Em     
>> Usuário não cadastrado <<
domingo,
4 de dezembro de 2016
Atualizado em: 19/11/2016
     
Fraudes Diversas e Tecnológicas
Boletos falsos ou adulterados




Algumas dicas de prevenção úteis para o caso dos boletos falsos ou adulterados são as seguintes:
  1. Os boletos podem ser previamente verificados nos caixas automáticos da maioria dos bancos, onde existe um leitor de código de barras que normalmente indica, depois da leitura, os dados de base do boleto quais banco e agência do beneficiário.
  2. Os dados acima mencionados, devem ser idênticos aos dados indicados em claro no boleto nos campos onde é definido o banco cedente (em alto a esquerda), com relativo código, e a agência (no corpo do boleto).
  3. O código do banco deve ser ainda o mesmo que aparece nos primeiros três dígitos da representação numérica do código de barras que se encontra normalmente na parte superior do boleto.
  4. O nome do banco representado pelo código acima mencionado assim como detalhes da localização da agência emissora podem ser verificados através do site da Febraban no endereço : http://www.febraban.org.br/Arquivo/Bancos/sitebancos2-0.asp
  5. Vale a pena reparar se a localização da agência emissora é compatível com o endereço do beneficiário. Por exemplo, um boleto supostamente emitido por uma empresa de São Paulo dificilmente terá a indicação de uma agência localizada em Pernambuco.
  6. Se ao longo destes controles for verificado algo suspeito vale a pena, antes de efetuar o pagamento, validar o boleto junto a própria empresa emissora ou ao banco dela.
Exemplo de boleto falso cobrando dívida de uma empresa de telefonia
Inicial  Anterior 


Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados.   Design by D.Al. Eventos | "O Monitor" | Humor | Mapa do Site | Estatísticas | Contatos | Aviso Legal | Principal