Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Buscas no Site
Buscar
Em     
sexta-feira,
2 de dezembro de 2016
Atualizado em: 19/11/2016
     
Fraudes em operações ilícitas ou suspeitas
Operações de "câmbio" com moedas ou títulos

Alavancas: Ganância, Gostinho do "Exclusivo", Irracionalidade, Ignorância Técnica e Operacional



Promoção BLACK WEEK. Até o dia 02/12 valor promocional para o Treinamento sobre Fraudes Crédito e Comércio ! CLIQUE AQUI.



O esquema é simples. O intermediário explicará que através de um contato comercial ele pode adquirir (ou já tem) uma quantia relevante de uma moeda ou de um título de governo estrangeiro, não livremente conversível (típicas são algumas moedas de países árabes fechados mas ricos em petróleo como a Líbia e o IRAN ou de outros países africanos). Até algum tempo atrás, o mais na moda era, obviamente, o IRAQ.
A compra pode ser efetuada com uma elevada margem de desconto (por volta de 50%) sobre o valor real da moeda ou dos títulos que supostamente ele estará em condição de trocar por dólares, graças a relações comerciais ou políticas, dívidas ou operações de trading com aquele país que podem ser pagas usando esta moeda etc...

O que ele diz precisar é "só" o montante necessário para a compra com desconto, ou, de forma geral, para a viabilização da operação.
Quem financiar a operação será supostamente remunerado com uma gorda participação nos lucros, ou com juros muito acima do normal. Todo o processo é apresentado como rápido e seguro.

Se o investidor fornecer este dinheiro estará "frito" pois logo descobrirá que o dinheiro ou títulos comprados são falsos ou que não tem valor nenhum.

Existem muitas variantes desta fraude. Operações parecidas aparecem periodicamente usando dólares ou outras moedas famosas (muito usado o Marco Alemão, que, lembrem-se, não existe mais tendo sido substituído pelo EURO), de suposta origem ilegal (ou seja supostas operações de lavagem, altamente rentáveis).
O objetivo é sempre o mesmo, pegar dinheiro bom e deixar na mão da vítima papéis falsos e/ou inúteis.

As chaves da fraude também são sempre as mesmas, ignorância (quem sabe distinguir com segurança dinheiro ou papéis bons de dinheiro ou papéis falsos ??), ganância e gostinho do "ilegal", do "misterioso" e do "exclusivo".
CAPÍTULO  Anterior -  Próximo
Próxima  Última 


Login
Usuário:
Senha:
     
Patrocínios





NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados.   Design by D.Al. Eventos | "O Monitor" | Humor | Mapa do Site | Estatísticas | Contatos | Aviso Legal | Principal