Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Buscas no Site
Buscar
Em     
sexta-feira,
9 de dezembro de 2016
Atualizado em: 19/11/2016
     
Fraudes no Comércio, C.D.C. e B2B
Papeis de segurança na prevenção de fraudes




Existem muitos casos onde o uso de papeis de segurança pode dificultar ou até impedir a realização de fraudes. O caso clássico é o do papel moeda ou do papel usado em documentos de identificação.
Como papel de segurança se entende normalmente um papel que tenha uma ou mais características de segurança que dificultem a falsificação e/ou copia do original.
Através do uso de um papel de segurança é possível realizar documentos difíceis ou até virtualmente impossíveis de serem produzidos fora do seu âmbito de produção original ou reproduzidos/copiados sem significativas diferenças físicas ou estéticas. Não é portanto possível produzir “originais” e/ou copias ou reproduções com as mesmas características dos originais autênticos.
Existem vários tipo de papeis que incorporam uma ou mais características de segurança. As principais características que podem estar presentes em um papel de segurança são as seguintes:

Marca d’água
As marcas d'água, ou filigranas, reproduzem um desenho ou texto no papel graças a variações de densidade das fibras no papel. O motivo pode ser visto em transparência mas não aparece quando o papel estiver em luz normal. Existem dois tipos de filigranas, as fabricadas em "Mesa Plana", que são mais simples e têm menos detalhadas, e as fabricadas em "Forma Redonda" que são mais sofisticadas, tem detalhamento superior e podem ter perspectiva e tridimensionalidade. A reprodução desta característica física do papel é muito difícil.


Plaquetas iridescentes
Trata-se de minidiscos disseminados aleatoriamente em toda superfície do papel ou dispostos em faixas que mudam de cor dependendo do ângulo da luz. Esta luz dá às plaquetas uma aparência brilhante que não é reproduzível por fotocópia ou scanner.


Fibras ou confetes
As fibras são fios sintéticos curtos e os confetes pequenos discos, visíveis ou invisíveis ao olho nu, incorporados à massa do papel e disseminados em toda superfície ou em faixas. Apresentam uma ampla variedade de cores, formatos e comprimentos. Existem normalmente em tres versões:
- visíveis a olho nu, mas não sensíveis à luz ultravioleta.
- visíveis a olho nu e também sensíveis à luz ultravioleta, emitindo brilho ou mudando de cor quando sob este tipo de iluminação.
- invisíveis a olho nu, aparecendo somente quando sob iluminação ultravioleta.


Sistemas anti-cópia (texto escondido)
Se trata de impressões virtualmente invisíveis no fundo do papel original (normalmente com a escrita “cópia” ou a marca da empresa/entidade emissora do documento), que aparecem de forma clara quando se tenta reproduzir o documento através de uma copiadora tanto colorida quanto p&b, deixando assim claro que se trata de cópia e não de original, e que a cópia pode ter sido feita sem autorização.


Hilites
São partículas minúsculas, visíveis ou invisíveis ao olho nu, fluorescentes sob a luz ultravioleta. Seu efeito fluorescente é dificilmente reproduzível por impressão.

Revestimento iridescente
O revestimento iridescente é um motivo depositado na superfície do papel e cuja cor muda dependendo do ângulo da luz. Ele pode ser depositado em faixas ou disseminado com motivos personalizados. O efeito iridescente e a aparência brilhante não são reproduzíveis por fotocópia ou scanner.


Fio de segurança
Os fios de segurança são integrados no papel na massa, ou janelados e podem ser personalizados por uma mini ou microimpressão, uma retirada da metalização, uma fluorescência do fio ou do texto, ou um efeito holográfico. São muito difíceis de serem reproduzidos e apresentam um excelente nível de segurança.


Pista holográfica
Trata-se de um holograma (normalmente personalizado) depositado em faixa no papel. O efeito visual da difração da luz não pode ser reproduzido por scanner ou por fotocópia.


Etiqueta e marca holográfica
Etiqueta, adesiva ou não, ou marca apresentando sobre toda sua superfície ou apenas parte, uma imagem holográfica personalizada ou padrão. Pode ser sem configuração metalizada parcial ou total (maior proteção), colorida, passível de destruição etc...


Imagens invisíveis
Trata-se de imagens ou escritas invisíveis sob luz normal mas que aparecem quando iluminadas com luz ultravioleta. Permite a validação de documentos originais. É uma tecnologia difícil de ser reproduzida.


Filme adesivo
Poliéster revestido de um inibidor de adesivo e coberto com uma emulsão acrílica. Quando do descolamento do filme, uma mensagem é transferida para o suporte, marcando de forma definitiva.


Tratamento de verificação instantanea
Trata-se de um tratamento especial do papel que o torna sensível a um tipo específico de tinta incolor. Este tratamento permite a autenticação do documento, pois quando a tinta (normalmente uma caneta especial) entra em contato com o papel uma reação química torna a tinta preta, instantaneamente.


Impressões e tintas especiais
Trata-se de tintas especiais que são usadas para produzir papeis de segurança com as seguintes características:
- Tintas raspáveis (prevenção de ação mecânica).
- Tintas termocrômicas irreversíveis (contraste térmico).
- Tintas invisíveis (fundo nulo, reação química).
- Tintas transparentes (a base de óleos, simula marca d'água).

Reações químicas
Produtos químicos são incorporados no papel para reagir às tentativas de falsificações químicas dos fraudadores. Caso haja falsificação, estas reações são concretizadas pela aparição de manchas coloridas, variando conforme os produtos.

Papel sintético
Fabricado a partir de um filme de polietileno especial e revestido, ele é resistente à água, às graxas, aos produtos químicos, às variações de temperatura e à dilaceração. Indicado, portanto, para várias aplicações cujas condições de uso são exigentes, podendo ser empregado tão facilmente como o papel.

Marcadores
Eles Podem Ser Binários, Analógicos, Orgânicos, ADN ou RFID. Permitem identificar os produtos (ou seus componentes) da fabricação até a venda ao consumidor final, pela utilização de sistemas de leitura e controle sofisticados.


Aplicações mais comuns

Os papeis de segurança podem ou poderiam ser usados para múltiplas aplicações criticas, quais, por exemplo:
Contratos, documentos confidenciais, certificados de autenticidade, documentos de identificação, documentos oficiais (cartórios, certidões, licenças...), diplomas, prontuários, cédulas, cheques, autorizações, notas fiscais, etiquetas de rastreamentos ou autenticidade, bilhetes / ingressos etc...

A seguir os sites de alguns produtores/distribuidores de papeis de segurança e de empresas especializadas em impressões de segurança (usando papeis e técnicas gráficas especiais):

http://www.arjowiggins.com.br
http://www.trycorp.com.br
http://www.filiperson.com.br

http://www.rrdonnelley.com.br
http://www.tecnoformas.com.br
http://www.jsgrafica.com.br
CAPÍTULO  Anterior -  Próximo


Login
Usuário:
Senha:
     
Patrocínios





NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados.   Design by D.Al. Eventos | "O Monitor" | Humor | Mapa do Site | Estatísticas | Contatos | Aviso Legal | Principal