Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Buscas no Site
Buscar
Em     
sexta-feira,
9 de dezembro de 2016
Atualizado em: 19/11/2016
     
Fraudes Contábeis e Internas
Categorias de Fraudes Internas




As fraudes internas podem normalmente ser divididas em duas grandes famílias:

a) fraudes com registro nos livros contábeis.

Desta categoria fazem parte as fraudes que afetam diretamente o fluxo contábil ou de caixa da empresa. Exemplos são fraudes nos seguintes moldes:
  • faturamentos irregulares (serviços não prestados, mercadorias não entregues, superfaturamento etc...);
  • lançamento de pagamentos indevidos ou fictícios;
  • reembolsos irregulares ou falsos (por viagens, despesas, ...);
  • alterações, desvios e/ou roubos nos estoques de mercadorias ou nos bens da empresa;
  • troca de dinheiro da empresa por recebíveis (muitas vezes pouco líquidos);
  • lançamento de gastos "de consumo" irregulares;
  • omissões ou falsificações nos registros de operações contábeis ou de recebimentos;
  • falsificação de faturas ou documentos contábeis;
  • operações financeiras irregulares.
Na maioria dos casos, este tipo de fraude pode ser detectado no momento dos pagamentos, ou seja da saída do dinheiro da empresa para a estrutura dos fraudadores.
Auditorias contábeis e internas bem executadas e profundas também costumam detectar este tipo de fraudes ou pelo menos seus indícios.

b) fraudes sem registro nos livros contábeis.

Desta categoria fazem parte todas as fraudes que não afetam diretamente o fluxo normal da contabilidade. Exemplos são fraudes nos seguintes moldes:
  • descontos excessivos ou indevidos à clientes;
  • frequentes vendas em dinheiro (com descontos não transparentes e/ou sem emissão de nota fiscal e/ou sem o devido registro contábil) com desvio do valor;
  • descontos de fornecedores não repassados à empresa;
  • corrupção geral;
  • ganho de comissões em troca de vantagens junto à empresa;
  • desvio de clientes ou negócios da empresa para outra entidade (própria ou de terceiros);
  • negociações de créditos ou dívidas;
  • concessões e benefícios em favor de "amigos" ou outros tipos de conflito de interesses.
Este tipo de fraude envolve normalmente valores mais elevados que os das fraudes do tipo anterior.
Também é comum que este tipo de fraudes se repita regularmente e sem ser detectado ao longo de muito tempo.
Uma importante fonte para detectar este tipo de fraudes são pesquisas juntos à clientes e fornecedores e/ou informações recebidas por estes.
Inicial  Anterior  Próxima  Última 


Login
Usuário:
Senha:
     
Patrocínios





NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados.   Design by D.Al. Eventos | "O Monitor" | Humor | Mapa do Site | Estatísticas | Contatos | Aviso Legal | Principal