Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Buscas no Site
Buscar
Em     
terça-feira,
6 de dezembro de 2016
Atualizado em: 19/11/2016
Monitor das Fraudes
Fórum de Discussão e Alertas


Veja abaixo as experiências, denúncias e comentários publicados até agora

NOTAS: Os endereços de email publicados nesta página têm o "@" automaticamente substituído por "(ARROBA)" para limitar a possibilidade de uso dos mesmos por parte de "Spammers".
O autor, os colaboradores e os administradores do site não avalizam de forma alguma o conteúdo e teor das mensagens deixadas neste fórum que são, portanto, de exclusiva responsabilidade de quem, livremente, as escreveu.
Este fórum é um lugar para pessoas responsáveis. Leia as regras do fórum para conhecer os mecanismos de controle e defesa, antes de deixar uma mensagem ou se achar que está sendo injustiçado.


Para publicar sua experiência ou comentário clique AQUI.



Publicado no dia: 25/04/2007 às: 00:00
Nome:  André
Cidade/País:  Baurú/Brasil
E-mail:  jacarilson(ARROBA)gmail.com
Assunto:  Resposta ao Enrique (Ijuí) sobre uma empresa de MMN
Comentário:  
Caro Henrique,

Não, não é confiavel de forma alguma. Trata-se de mais uma piramide, matriz forçada 1:3. Prometem notebook, computadores, renda de mais de 5.000,00 e até usam o nome de uma conhecida seguradora para lubridiar as pessoas. A conta é simples - a piramide é finita e se houver "furo" em qualquer nível, já desbanca todo esquema, não é preciso ser matemático pra saber.

Abraços,


Publicado no dia: 25/04/2007 às: 00:00
Nome:  Jose Carlos
Cidade/País:  São Paulo/BR
E-mail:  jose.carlos.bozo(ARROBA)ig.com.br
Assunto:  Resposta ao Marcelo Jose Trindade
Comentário:  
Marcelo desculpe minha ignorância, mas já que você conseguiu ganhar dinheiro com a OMNI, gostaria de saber de que forma foi, quem sabe você me convence e até participo :

Foi vendendo os produtos que ela tem e com isto acumulou altas comissões ?

Foi vendendo produtos próprios pela loja virtual que ela lhe vendeu e a sua venda foi tão alta que proporcionou estes automóveis de previlégios de poucos ?

Ou foi trabalhando única e exclusivamente o "plano de carreira" que nada mais é do que ficar indicando pessoas e ensinar estas á indicar outras até que você conseguiu chegar no topo (no topo não, pois lá está o sr. Luis Francisco ) ou próximo á ele desta "Pirâmide Financeira" ?

Mas me responda com sinceridade, não venha com frases prontas e nem com mentiras, seja honesto com você mesmo, saiba que tem um Homem lá em cima vendo tudo.

Um conselho, aproveita para voltar a estudar, de preferência pague uma escola particular e bem conceituada, assim você estará investindo seu dinheiro em algo realmente útil.

Obrigado e boa sorte !!!


Publicado no dia: 24/04/2007 às: 00:00
Nome:  Adriéli
Cidade/País:  Florianópolis
E-mail:  adrieliputzel(ARROBA)pop.com.br
Assunto:  Fraude no CPF
Comentário:  
Olá!
Gostaria de saber se alguém tem informações sobre pessoas que tem o nome "sujo" na praça e em dois anos conseguem um CPF novo, sem terem quitado as dívidas, apenas, de uma maneira fraudulenta, conseguem limpar o CPF.

Publicado no dia: 24/04/2007 às: 00:00
Nome:  Equipe MdF
Cidade/País:  BR
E-mail:  contato(ARROBA)fraudes.org
Assunto:  Esclarecimentos sobre msg anterior.
Comentário:  
Queremos deixar claro que as "formas" lingüísticas utilizadas pelo "empresário" autor da mensagem anterior são todas originais e não sofreram a menor alteração por parte dos administradores deste fórum. Sem mais comentários.

Publicado no dia: 24/04/2007 às: 00:00
Nome:  marcelo josé trindade
Cidade/País:  indaiatuba /brasil
E-mail:  marcelojosetrindade(ARROBA)bol.com.br
Assunto:  determinaçâo
Comentário:  
olá criticar qualquer indiota sabe criticar mais a verdade é o seguinte equanto estas gentes pedem o seu tempo falando coisa que nâo tem capacidade de
fazer nós cliente da omni internationa.com andamos de mercedes bmw e até mesmo de porch e mais aida estamos realizando vida de minhares de pessoa por exemplo eu que morava na rosa e hoje sou um emprésario de grande sucesso graças a Deus e crença de minha parte até .......................

Publicado no dia: 23/04/2007 às: 00:00
Nome:  Mário Romagnoli
Cidade/País:  São Paulo
E-mail:  mario.romagnoli(ARROBA)itelefonica.com.br
Assunto:  Re: Brasil passado a limpo
Comentário:  
Saudações
Só a título de esclarecimento, ressalto que na minha mensagem não defendi nenhuma empresa especificamente (e creio que também não tenha julgado, apesar de já ter opinião formada contra algumas), mas reitero minhas palavras quanto ao funcionamento real e justo que a MAIORIA dos Marketing´s de Rede proporciona.
Inclusive essa indignação do Sr. Carlos de São Paulo eu também tive quando participava de um grande portal que reunia participantes de todas as empresas de MMN do Brasil.
Certa vez solicitei ao organizador que definisse aquilo que são marketing´s sérios (tem justa distribuição, tem recolhimento real de impostos etc) e os de dífícil expansão (não que os bons MMN´s não necessitem de dedicação, pelo contrário, todos precisam) (mas há alguns onde os valores dos produtos são demasiadamente exorbitantes). Ele me respondeu que, em virtude da ausência de uma lei mais específica, que seria um erro ele pré-julgar, na condição de organizador, quais seriam as mais apropriadas para as pessoas se associarem.
E no fundo ele tem razão. Portanto eu sugiro que se alguém é indignado com isso, que entre em contato com o seu Deputado Federal (creio que todos se lembram em quem votaram) e façam um relato da tendência, da comercialização de produtos, serviços etc (mas espero que você tenha noções básicas, no mínimo, sobre o assunto) e proponha uma regulamentação mais específica na área, pois atualmente o negócio é mais direcionado pela legislação da venda direta, competentemente liderada pela ABEVD.

No tocante ao trabalho tradicional, diversamente da opinião do Sr. Carlos, da qual respeito muito, porém acho que exagera demais ao tratar todos como vigaristas, que o MMN é realidade nos EUA, Europa e Japão e será aqui também, apesar dos brasileiros de "mentalidade pobre" (entendam bem que não estou desprezando pessoas com condições financeiras limitadas) "acharem" algo de podre em tudo o que existe.
Esse tipo de pessoa é fácil de identificar. Basta perguntar as concepções dela da vida: como ela se relaciona com o dinheiro o que é o dinheiro para ela se ela acha que se ela tiver muito dinheiro outros ficarão sem dinheiro etc, etc. Isso porque pessoas de "mentalidade rica" dão abertura a sempre aprenderem mais. Já os de mentalidade "pobre" acham que sabem de tudo da vida (mas porque a maioria que sabe de tudo vive na pindaíba?) Já as mentes milionárias estão sempre abertas a aprenderem mais.
Por fim, aconselho novamente o vídeo do "hidrogênio" que pode ser conseguido no youtube.com, para você analisar a realidade do "emprego seguro".
Quanto a leitura, tenho gostado muito de "Os segredos da mente milionária", de T. Harv Eker, Ed. Sextante (4º lugar na lista de Veja). Apesar do nome dado ao livro, sei que muitos brasileiros têm repulsa (porque têm a mentalidade pobre como ele define no livro), o sub-título é (prestem bem atenção): "Aprenda a enriquecer MUDANDO SEUS CONCEITOS sobre o dinheiro e ADOTANDO OS HÁBITOS das pessoas bem-sucedidas" (recordo que NÃO É um livro de marketing de rede)
Enfim, espero ter colaborado, principalmente para aqueles que já cumprem um dos "princípios" que ele relata: "As pessoas ricas aprendem e se aprimoram o tempo todo. As pessoas de mentalidade pobre acreditam que já sabem de tudo".
Abraços a todos.


Publicado no dia: 22/04/2007 às: 00:00
Nome:  henrique
Cidade/País:  ijuí
E-mail:  henriquefranke(ARROBA)hotmail.com
Assunto:  MMN
Comentário:  
Pessoal, gostaria da saber se alguém conhece a empresa digitabrasil?, e se é confiavel, achei bem interessante seu projeto, mas estou procurando saber antes de entrar em algum mmn, também gostaria de saber se axiste uma empresa séria e que seja aconselhavel nesse esquema de MMN, VALEU, AGUARDO RESPOSTA.

Publicado no dia: 20/04/2007 às: 00:00
Nome:  Carlos
Cidade/País:  São Paulo
E-mail:  omnibr(ARROBA)e-mail.ro
Assunto:  Por Um Brasil Passado à Limpo
Comentário:  
É NECESSÁRIO INFORMAÇÃO E CONHECIMENTO! Alguém sabe porque o jogo-do-bicho são ilegais??? Pessoas evoluídas e civilizadas sabem que sonegalção fiscal é crime bem como lavagem de dinheiro da corrupção e do tráfico.
Da mesma forma a pirâmide é ilegal pois a sonegação fiscal rola solto. É crime contra a economia popular lesa o consumidor e uma meia dúzia de vigaristas ficam ricos. Porém o MMN ou MR na maioria dos casos não são "marketing" que “leva o produto ou serviço ao consumidor”, Mas sim, é formada por uma quadrilha de vigaristas fazendo de tudo para que as pessoas e amigos consumam o que não precisam, induzem aplicando técnicas de neurolinguisticas e lavagem cerebral. Induz o consumidor a fazer qualquer coisa (só esta faltando mandar envenenar o pai para antecipar a herança) para comprar um saco de fumaça.
Se uma empresa faz uma campanha por indique um amigo para fazer uma assinatura ou comprar um celular é justo. Só nunca vi nenhuma delas convencer o cliente a crer que terá seu estilo de vida mudado com isso e nem a ficar induzindo (aquilo que vocês chamam de motivando) a desfazer de bens para trocar de celular. Na decada de 90/00 espertões aproveitam a legalidade do MMN para aplicarem e mascararem sua pirâmide para assim movimentarem dinheiro entre o grupo.
Isso de fato não é aceito em nunhum lugar no mundo (como ocorre com a oxxi que esta há 2 anos em portugal e não acontece) por não haver produtos nem serviços. Apenas um saco de fumaça para pessoas iludidas crendo ter encontrado o mapa da mina. Sendo induzidas com técnicas de lavagem cerebral (chamam de motivando). É lógico que hoje eles não seriam nem bestas de movimentar um milhão por mês e sonegar os impostos. Eu só duvido que os R$ 35000,00 em um domingo á tarde e outras reuniõezinhas na semana seja declarado.
A Amway cobra de R$ 10,00 à R$130,00 (kit de materiais) para que alguem se associe. Não induz ninguem a crer que ficará rico com isso. Não induz a comprar grandes quantidades de produtos e estocar. O crescimento da rede acontece com naturalidade e ética. Se você comprar um produto você tem 90 dias para se arrepender e pedir seu dinheiro de volta(mesmo que tenha consumido). Os produtos são de qualidade. É um legítimo exemplo de MMN. Presente em mais de 60 paises. Totalmente o oposto à aquela empresinha de quatro letras que se diz internacional. Que induz (chamam de motivar) as pessoas associadas a agir como bandidos(todos de preto mais parecendo urubús querendo picar os olhos de alguem). Fazem uma rodinha em volta da vítima. Fazem assinar cheque, assinar contrato e depois sair correndo atráz de dinheiro. Dá 5 dias para se arrepender só que o contrato já foi assinado já passou 2 ou 3 dias. 4 mil pilas em troca de um saco de fumaça. Mesmo que ele se arrependa no prazo de 5 dias se já pagou, só receberá mesmo é na justiça se conseguir provar o prazo porque os vigaristas enrolam e empurram para deixar passar o prazo, e mais, se condenados a devolver a grana vai até a penhora de bens, por que os vagabundos não devolvem mesmo.

(veja proc. 207525/2005 forum João Mendes)
"Despacho Proferido
Vistos. 1. Intimada, a devedora não pagou o débito. Declaro, pois,
aplicada a multa de dz por cento (artigo 475-J, caput,
do Código de Processo Civil) e defiro o pedido de bloqueio “on-line” de seus
ativos financeiros. Isso porque o artigo 655, inciso I, do Código de Processo
Civil determina que a penhora deve recair preferencialmente sobre dinheiro,
em espécie ou depositado em instituição financeira. Veja-se que cabe ao
credor indicar o objeto da penhora (artigo 475-J, § 3º, do Código de Processo
Civil)....

Eu não duvido que o “Marketing de Rede” ou “Marketing Multinível” será a grande realidade em alguns anos ou décadas e dominará grande fatia do mercado, fazendo inclusive com que algumas empresas modifiquem seu “marketing tradicional” pelo “multinível”.

Mas eu tenho a certeza que esse novo método trará muitos danos economicos aos consumidores e pouca ou nenhuma renda extra significativa. Comprarão muita porcaria mais caro recomendado pelo amigo. Serão vítimas de muitos golpes financeiros. Perderão muitas economias importantes jogando dinheiro nas mãos de vagabundos que não gostam do trabalho para eles contruírem galpões as custas de trabalho alheio. Muito dinheiro jogado fora. Todo mundo envolvido em um esquema de espalhar prejuízo por migalhas.
O MVR (Marketing de Vigaristas na Rede) usa a técnica do sertanejo que põe a carga nas costas do burro, ai burro empaca. Existe 2 formas de fazer o burro andar. Sabe quais são? Ou você mete a chibata nas costas ou amarra em uma vara uma espiga de milho na ponta e fixe-a no cabestro de forma a espiga ficar logo à frente. Até o burro perceber que ele anda anda e nada de espiga ele já levou a carga do sertanejo ao ponto desejado. A primeira saida é o sistema de emprego tradicional, a segunda saída é o MVR. Precisaria ter leis que definisse isso claramente. Enquanto isso aqui no Brasil não acontece. Fique esperto! Salve-se quem puder. De olho no MVR eles ainda vão te pegar.


Publicado no dia: 19/04/2007 às: 00:00
Nome:  Mário Romagnoli
Cidade/País:  São Paulo
E-mail:  mario.romagnoli(ARROBA)itelefonica.com.br
Assunto:  Marketing Multinível: Omni, Herbalife, Phoneclub etc
Comentário:  
Saudações.
Retorno a esse grupo no intuito de colaborar esclarecendo, na medida do possível, quanto algumas afirmações, ao meu ver despropositados e sem fundamentação.
Refiro-me ao Sistema de Vendas denominado “Marketing Multinível”.
Achei bastante pertinente a manifestação do Sr. Lauro Cruzaltense, de Brasília, onde, em suma, sugere análise aprofundada de cada proposta, sem que houvesse julgamentos precipitados, sob pena de negarmos nossa condição de pessoas evoluídas e civilizadas.
Por outro lado, houve um intenso combate a essa forma de venda de produtos e/ou serviços.
Há apenas um consenso: É NECESSÁRIO INFORMAÇÃO E CONHECIMENTO!

É muito fácil alegar que tudo é pirâmide. Alguém sabe porque o jogo-do-bicho (e atualmente as máquinas de caça-níqueis, em que pese a discussão de lavagem de dinheiro de tráfico etc) são ilegais???
Simplesmente porque o Governo não ganha nada com isso, ou seja, não incide imposto. Da mesma forma a pirâmide é ilegal, pois o governo não arrecada nada com isso (além de não ter limite de profundidade, não existir produto ou serviço etc).
Porém, o Marketing Multinível ou Marketing de Rede não pode ser confundido com isso. Inicialmente porque “marketing” significa “levar o produto ou serviço ao consumidor”. No marketing “tradicional” chega-se ao consumidor através de publicidade convencional (jornais, revistas, televisão etc). Já no “multinível” (marketing) o produto/serviço chega ao consumidor através de outro consumidor e ele é “bonificado” por isso (em dinheiro ou em produtos).
Justo? É lógico que é justo, afinal ajudou a empresa a vender e o custo para a empresa é muitíssimo mais baixo.
Vejam que a Editora Abril, a Vivo Celular etc lançaram ultimamente promoções para os clientes que trouxessem outros clientes (ganhariam anuidades de assinatura e minutos de brinde). Justo isso? Justo. É mais barato para a empresa? Com certeza é. E para o consumidor é bom? É claro que é, pois vivemos indicando profissionais, produtos e empresas para amigos, conhecidos e familiares e nunca ganhamos nada com isso, e o Marketing Multinível veio corrigir isso.
Todos sabem, porém é bom relembrar que o Marketing Multinível foi inventado na década de 40 nos EUA. Já na década de 60 uns espertões aproveitaram o “Formato Multinível” (e não o Marketing = lembre-se do significado) para movimentar dinheiro entre o grupo. No entanto, isso não é aceito em nenhum lugar do mundo, pois não há como o “participante” acompanhar o crescimento da estrutura construída, além de não haver produto, não haver recolhimento de imposto etc.
Portanto, como dizem alguns “sábios”, uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa.
Quanto as empresas mencionadas em algumas postagens, afirmo que já conheço todas as apresentações delas, exceto a Amway, mas que tive a oportunidade de usar um “xampu de carro” a cerca de uns 15 anos atrás e o produto é magnífico.
Pelo que vi (e conheço muito bem o funcionamento da maioria dos marketing´s – seja Site auto-gestão, telefonia voip etc) está tudo em pleno funcionamento. É evidente que se há problema no produto, isso é passível de ocorrer com qualquer empresa e que os franqueados / associados / distribuidores independentes (ou outra denominação dada) possam exagerar nas facilidades do negócio.
Já antecipo desde já: graças a Deus não existe milagre no meio comercial.

O Marketing Multinível é um empreendimento como qualquer outro (só que em alguns você pode trabalhar em casa mesmo – tendência americana – mas trabalhar em casa não significa não fazer nada... pelo contrário, dá até mais trabalho, a diferença certamente consiste na ausência de aluguel de um estabelecimento, nova despesa com água, luz, impostos etc), onde a pessoa dever abraçar com muita dedicação, seriedade, persistência e determinação.
Alguns marketings são de venda de produto e não adiante sonhar, você tem que vender.
Se não gosta de vender não entre (mas também não fale mal, afinal não é culpa da empresa isso, talvez seja melhor você ler algum livro sobre vendas).
Por outro lado existe o Marketing Multinível só de Consumo (esse eu acho interessante, pois também não gosto de vendas...).
Mas de qualquer maneira, o objetivo de qualquer empresa É VENDER MAIS. Seja você vendendo por ela ou então você consumindo os produtos dela e também trazendo novos consumidores.

Se alguém ainda duvida que o “Marketing de Rede” ou “Marketing Multinível” será a grande realidade em alguns anos ou décadas e dominará grande fatia do mercado, fazendo inclusive com que algumas empresas modifiquem seu “marketing tradicional” pelo “multinível”, sugiro que acesse o youtube.com e assista o vídeo do “Hidrogênio”. Esse vídeo foi baseado num livro escrito em 1995 chamado “O Fim dos Empregos” (no final do ano passado a Revista Época fez uma reportagem com ele”.
Enfim, vejam lá que é dito a grande realidade do que está acontecendo com o emprego mundial. Ou alguém acha que as paralisações e as greves do bancários (com todo o respeito à atividade exercida e ao direito de greve), será suficiente para diminuir o desemprego deles? É óbvio que não. Cada vez mais existiram Agências de Auto-atendimento e internet bank (aliás, as propagandas são só disso.... porque será?)
E é uma grande certeza que o Marketing Multinível veio auxiliar o mundo diante do “fim dos empregos” (isso não significa fim do “trabalho”, mas sim dos empregos registrados).
Já finalizando, quem adere ao marketing multinível com seriedade sabe muito bem que não é para largar o emprego ou atividade atual, mas sim para garantir uma renda futura, pois, como diz o renomado escritor Roberto Skinyashiki (esse eu tenho certeza que você conhece) num artigo escrito a certo tempo: “o Sucesso é construído à noite. De dia você faz aquilo que todos fazem”.

Por fim, a título de sugestão, existem diversos autores em todo o mundo (não necessariamente livros especializados de marketing multinível) que recomendam que as pessoas participem de empresas de marketing multinível, a fim de fazerem os cursos que eles oferecem, aprender mais como lidar com as pessoas, aprender a vender etc, etc.
Segue, portanto, alguns rápidos depoimentos (caso você não conheça nenhum desses autores é melhor se informar mais antes de ter qualquer “convicção” a respeito do assunto).
Despeço-me cordialmente de todos, sejam conhecedores de marketing multinível, iniciantes ou especializados, bem como daqueles que ainda não se abriram a conhecer esse revolucionário método de vendas:

“(.....) hoje em dia aconselho as pessoas a levar em consideração o marketing de rede” – Robert Kiyosaki (“Pai Rico Pai Pobre” – mais de 9 milhões de livros vendidos nos EUA)

“(.....) uma ótima opção é entrar para uma empresa de marketing de rede” – T. Harv Eker (“Segredos da Mente Milionária” – pág. 121) (esse eu estou lendo atualmente – simplesmente fantástico – não é de marketing)

“Definitivamente, o problema não é o marketing de rede, e sim a maneira como a pessoa assume o negócio” – Roberto Skinyashiki (brasileiro autor de dezenas de livros, dentre eles “Tudo ou Nada” – pág. 20 e colunista da Revista Vencer)

“(.....) Como em qualquer outro ramo de atividade, há boas e más empresas de marketing de rede, bem como há bons e maus distribuidores” – Lair Ribeiro (brasileiro autor de vários livros, dentre eles “Uma venda não ocorre por acaso” – pág. 183)

“Sugestões para ganhar mais: ter um segundo emprego, sim, aproveitar os momentos de folga para ter mais renda. (.....) sem falar a enorme variedade de produtos a serem vendidos no marketing de rede” - Mauro Halfeld (Rádio: Coluna CBN Dinheiro – 24.08.2006)


Publicado no dia: 18/04/2007 às: 00:00
Nome:  Marcelo Del
Cidade/País:  São José do Rio Preto/Brasil
E-mail:  delegadorp(ARROBA)gmail.com
Assunto:  Omni Internacional
Comentário:  
Também fui convidado, assisti toda palestra, fiquei até interessado, porém não tinha dinheiro, tentei conversar com eles, se não havia uma outra forma, fui insistente, e durante as tentativas deles me fazerem de qualquer forma conseguir o dinheiro, vender o que eu tivesse, pedir pra todas pessoas que conheço, fui percebendo a fria que eu estava entrando, pensando com o pé no chão percebi do que se tratava. Creio que se eu tivesse o dinheiro eu teria entrado, porém fico até feliz de não ter caido nisso. Pesquisando na internet achei um processo de uma empresa com uma prática na qual qualifiquei como similar a que presenciei (http://www.mp.sp.gov.br/pls/portal/docs/PAGE/CAO_CONSUMIDOR/A%C3%87%C3%95ES%20CIVIS%20P%C3%9ABLICAS/AJUIZADAS%20PELO%20MP/MARKETING%20DE%20REDE/00-712.HTM).
Gostaria que todos encomodados também reportem suas críticas.

Atenciosamente.

Marcelo Del.



Total: 2687 mensagens  - Página 187 de 269
10 Anteriores  INÍCIO  FIM  Próximos 10

Login
Usuário:
Senha:
     
Patrocínios





NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados.   Design by D.Al. Eventos | "O Monitor" | Humor | Mapa do Site | Estatísticas | Contatos | Aviso Legal | Principal