Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/04/2009 - W News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Assim como o PC, uso de smartphones exige cuidados de segurança

Por: Daniel Damas


São Paulo, 08 de abril de 2009 - O tempo passou, mas a história se repete. Assim como o aumento da popularidade da internet fez crescer o número de vírus, spywares e outras pragas virtuais, o sucesso dos smartphones tem causado um problema semelhante.

Só no ano passado, a venda desses telefones multimídia chegou a 139,3 milhões de unidades, segundo o Gartner, um aumento de 13,9% na comparação com 2007.

Mas a semelhança vai além da popularidade. Assim como nos computadores, os malwares que atacam smartphones causam, basicamente, os mesmos problemas.

“Eles podem danificar o dispositivo, trocando ícones e mudando atalhos, ou ainda roubar informações do usuário”, explica Gabriel Menegatti, diretor de tecnologia da F-Secure no Brasil.

O usuário mal-intencionado busca interesses financeiros e pessoais, ou ainda quer realizar fraudes corporativas, como a espionagem.

De fato, há muitos motivos para se preocupar. Estimativas da empresa dão conta de que o número de pragas móveis chegue a 600 atualmente, sem considerar as variantes. E ele não para de crescer.

“Hoje, as principais ameaças para os smartphones são trojans, keyloggers e worms”, alerta Vitor Souza, diretor global de comunicação da BitDefender.

Segundo as empresas de segurança, o Symbian (que tem 47,1% do mercado, nos cálculos do Gartner) e Windows Mobile (12,4%) são, pela ordem, os dois sistemas operacionais mais ameaçados.

Além disso, como no PC, as infecções podem ocorrer de diversas formas: conexão Bluetooth, recebimento de mensagens (MMS e SMS) e e-mails, além da própria navegação na internet, são alguns exemplos.

Até uma simples troca de cartões de memória pode resultar em uma infecção, caso o outro dispositivo esteja contaminado com algum malware.

Uma das pragas virtuais móveis, conhecida como FlexSpy, pode, além de registrar o que é digitado, utilizar a função GPS do aparelho para enviar as coordenadas de localização ao fraudador, exemplifica Menegatti.

Por isso, se você tem ou pretende comprar um smartphone é bom ficar atento.

Guardadas as devidas proporções, esses aparelhos servem hoje quase como um computador de bolso e armazenam fotos, vídeos, informações bancárias, e-mails, projetos e outros dados confidenciais e valiosos. “Os usuários devem tomar todas as medidas de segurança que seriam adotadas se estivessem usando um desktop ou um notebook”, aconselha Souza, da BitDefender.

Confira 5 dicas para se proteger:

1. Ter bom senso
Se receber e-mails ou torpedos de fontes não conhecidas, apague-os sem abrir. Da mesma forma, evite o acesso a sites suspeitos e não clique em qualquer link que receber. Supostos prêmios em dinheiro, promoções que aparentam ser imperdíveis ou outras vantagens parecidas costumam ter grande apelo emocional.

2. Aplicar as correções do sistema operacional
Um software desatualizado pode ser sinônimo de brechas de segurança passíveis de serem exploradas por usuários mal-intencionados. Caso não saiba fazer a atualização, consulte o manual de instruções ou contate a fabricante do dispositivo.

3. Manter os aplicativos atualizados
De nada adianta ter um sistema operacional em dia se os programas que rodarem nele forem antigos. Verifique se há versões mais recentes de forma periódica.

4. Desligar Bluetooth e Wi-Fi quando não estiverem em uso
Além gastar a bateria do aparelho mais rapidamente, esses recursos podem servir de porta de entrada para um ataque

5. Instalar um software antivírus
As grandes fabricantes de soluções de segurança geralmente oferecem uma versão móvel de suas suítes (em geral, elas são pagas). Além de proteção contra vírus e spyware, algumas oferecem até bloqueio contra tentativas de invasão para manter informações e arquivos a salvo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 162 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal