Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

03/04/2009 - Folha das Vertentes Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpistas levam R$ 11 mil de são-joanense


O velho golpe do bilhete premiado fez mais uma vítima em São João del-Rei. Dessa vez, os estelionatários levaram R$ 11 mil de um cidadão que não quis se identificar. De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime aconteceu no dia 25 de março último, na Avenida Presidente Tancredo Neves, no Centro da cidade.

Um golpista de pele morena, estatura média, bem trajado e com sotaque caipira abordou a vítima dizendo que não conhecia a cidade e que morava em Juiz de Fora. O estelionatário disse que estava com um bilhete premiado e que valia R$ 4,6 milhões. Neste momento, um outro homem se aproximou e fingiu que ligava para uma agência bancária, comprovando a validade do jogo. O cidadão que estava com o bilhete disse que daria R$ 300 mil para quem o acompanhasse até o Banco, para sacar o montante, mas exigiu da vítima e do comparsa que os dois dessem uma quantia considerável em dinheiro.

O homem que foi lesado possuía duas contas em Bancos diferentes e efetuou a retirada de R$ 11 mil e entregou a soma ao proprietário do bilhete, enquanto aguardava em frente à Caixa Econômica Federal. Os estelionatários, claro, não retornaram e a PM, mais uma vez, não conseguiu localizar os criminosos.

Cuidados

A PM reforça que esse tipo de acontecimento não é novo e, infelizmente, as pessoas continuam sendo vítimas do bilhete premiado, popularmente conhecido como Conto do Vigário. “São situações que fogem da atuação preventiva da Polícia Militar e que poderiam ser evitadas pelas próprias vítimas, caso adotassem atitudes básicas de autoproteção”, explicou a assessoria do comando militar.

A PM orienta que os cidadãos suspeitem de pessoas que ofereçam prêmios tentadores (bilhetes premiados de loterias, jóias, recompensas); quem pratica esta modalidade de crime normalmente é educado, bem falante e com grande capacidade de criar situações envolventes; as vítimas não são escolhidas ao acaso, pois os golpistas observam aquelas que têm certeza que possuem contas bancárias, que sacaram dinheiro em Bancos e caixas eletrônicos ou que acabaram de receber os salários; a exigência de pagamento antecipado, de qualquer quantia, para recebimento de empréstimos financeiros, carta de crédito de consórcio, venda de veículos e imóveis pode ser indício de golpe contra o consumidor; tente fazer negócios pessoalmente na empresa e evite transações por telefone; desconfie de companhias que oferecem muitas facilidades, mas exigem depósito antecipado de parte do valor solicitado como empréstimo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 210 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal