Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/04/2009 - Jornal de Uberaba Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PM prende estelionatários após aplicarem golpe de mais de R$ 10 mil

Por: Juliano Carlos


Estelionatários são presos após aplicarem golpe de mais de R$ 10 mil. A prisão aconteceu na tarde de ontem, no bairro São Benedito. Militares da viatura 13491, composta pelas cabos PM Andréia e Elis Regina, além do soldado Abílio, sob o comando do tenente PM Cândido, compareceram a uma agência bancária no bairro São Benedito. Ao chegarem ao local, eles entraram em contato com o gerente R.N.O.J., que disse aos policiais que havia um indivíduo no interior do banco tentando sacar a quantia de R$ 10 mil em dinheiro que foi depositado por uma Transferência Eletrônica Disponível (TED). Os policiais abordaram o suspeito Joel Bernardes, 54 anos.
Em seguida, foi feito contato com a aposentada L.V.S., 58 anos, e ela disse que há alguns dias havia recebido uma ligação de um desconhecido que disse que ela havia ganhado uma ação pública coletiva desde o ano de 2003. O desconhecido disse para a vítima que ela teria que efetuar um depósito bancário no dia 31 do mês passado, no valor de R$ 3.998 em dinheiro, que foi feito.
Na última quarta-feira (1), a aposentada recebeu outra ligação da mesma pessoa, que exigiu outro depósito no valor de R$ 5.844 em dinheiro, que foi feito. Joel foi preso e, após levantamentos juntamente com o serviço de inteligência da PM, os policiais descobriram que outro indivíduo identificado como José Vicente Ferreira, 53 anos, que possui um documento falso no nome de José Vicentino Ferreira, era o “mentor” do golpe. Os militares foram até uma pensão, situada na rua Godofredo Rodrigues da Cunha, no bairro São Benedito, e, após buscas, foram encontrados vários documentos falsos, cartões de créditos de várias vítimas, além da quantia de R$ 11.959 em dinheiro que estava escondido em uma mala de fundo falso. Os policiais descobriram que existe outra pessoa envolvida que movimentou a quantia de R$ 49 mil em uma conta bancária e mais duas contas nos valores de R$ 10.300 e 10.100, que foram bloqueadas pelo banco após a prisão dos acusados.

Propina - Após a prisão, José Vicentino recebeu uma ligação em seu telefone do estado de São Paulo. Pessoas desconhecidas pediram para falar com os policias e, durante a conversa, os desconhecidos ofereceram a quantia de R$ 15 mil para liberar os estelionatários. Os militares solicitaram que os desconhecidos fossem até o local para efetuar o pagamento, para que eles também fossem presos, mas os desconhecidos não compareceram. Em seguida, José Vicente ofereceu a quantia de R$ 21 mil para que fosse liberado, sacou R$ 1 mil e entregou para os policiais, que deram voz de prisão e o prenderam novamente. Diante dos fatos, os dois golpistas acusados de estelionato, um veículo e a quantia de R$ 11.959 em dinheiro foram presos e levados para a delegacia e apresentados ao delegado de plantão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 204 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal