Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/04/2009 - UOL Notícias / EFE Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

OCDE divulga paraísos fiscais; Uruguai e Chile figuram na relação


Paris, 2 abr (EFE).- A Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) divulgou hoje a lista dos paraísos fiscais pedida pelo Grupo dos Vinte (G20, que reúne as nações mais ricas e principais emergentes), após a cúpula de hoje em Londres, na qual aparecem Estados como Chile e Uruguai.

O Uruguai aparece também na lista dos quatro países que menos cooperam no combate a esse problema, junto com Costa Rica, Malásia e Filipinas.

Essas quatro nações "não se comprometeram a respeitar os padrões internacionais", afirmou a OCDE em comunicado.

O Chile, junto com Suíça, Guatemala, Áustria, Bélgica, Brunei, Luxemburgo e Cingapura, se situa em um segundo grupo, qualificado pela organização como "outros centros financeiros" que prometeram respeitar os padrões internacionais, mas que ainda não fazem isso de forma substancial.

No caso de Suíça, Bélgica, Luxemburgo e Áustria, a OCDE explica que levantaram suas reservas sobre o artigo 26 dos acordos da entidade que se referem à suspensão do sigilo bancário em caso de fraude.

Em melhor situação estão países como Andorra, Gibraltar, Mônaco, Panamá e San Marino.

Até agora, a organização tinha se negado a publicar listas de paraísos fiscais, mas determinados países, como a Suíça, criticaram o fato de fazerem isso de forma interna.

"Os tempos do sigilo bancário passaram", afirmou na capital britânica o presidente francês, Nicolas Sarkozy, que transformou a luta contra estes centros financeiros em uma das prioridades da cúpula do G20.

Os chefes de Estado e Governo pediram aos ministros das Finanças para adotarem sanções contra os países que não cooperarem.

Sarkozy se mostrou satisfeito com o fato de o Grupo ter aceitado publicar a lista de paraísos fiscais, e revelou que a China foi o país que mais reservas colocou.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 168 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal