Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/04/2009 - Jornal Araxá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Aposentado recebe ligação de cobrança e cai em golpe de estelionato

Ele afirma que foi orientado pelo Procon a realizar o depósito e quitar a suposta divida.

Um aposentado de 51 anos, que possui um estabelecimento comercial na avenida Amazonas, no bairro São Geraldo, procurou na tarde de terça-feira (31), o 37º Batalhão da Polícia Militar para relatar que havia sido vitima de um golpe de estelionato.

Segundo o relato, ele recebeu uma ligação por volta das 14h de uma mulher que se identificou como Dra. Regina e alegou que seria a advogada de uma empresa denominada MCC Editora Gráfica CNT Ltda.

De acordo com essa suposta advogada, o aposentado teria uma divida com a empresa no valor de R$ 690,00 e se ela não fosse quitada esse valor seria reajustado para R$ 2.790,00.

A suposta advogada teria dito ainda, que o prazo para que este pagamento fosse efetuado através de um depósito bancário terminaria às 15h.

Depois desta ligação, o aposentado ligou para o Procon para obter orientações de como proceder neste caso.

Segundo ele, o secretário Executivo do Procon/Araxá, Thiago Silva Borges, o orientou a depositar a quantia pedida pela suposta advogada e disse que posteriormente solicitaria o contrato junto a empresa para verificar se a cobrança era indevida ou não.

Após consultar o Procon, o aposentado realizou o depósito no valor de R$ 690,00 em nome de Maxuel Corrêa de Camargo, na conta 1005800, agência 2566, do banco Bradesco.

Com o depósito realizado, o aposentado foi alertado por sua esposa que aquilo poderia se tratar de um golpe e ele então resolveu procurar a polícia.

Os policiais fizeram uma consulta via internet e constataram que o endereço do cartório fornecido pela suposta advogada de como sendo o local onde a divida estaria protestada em Rio Claro/SP não existe.

Este foi o segundo caso de golpe de estelionato registrado pela Polícia Militar esta semana em Araxá, já que na última segunda-feira (30), um homem comprou R$ 201,00 em cartões para celulares e repassou os números para um individuo que disse ser seu parente e que estava com o carro quebrado em uma estrada necessitando pedir socorro.

Procon

O secretário Executivo do Procon, Thiago Silva Borges, declarou que não realizou nenhum tipo de orientação ao aposentado no caso em questão.

Segundo ele, o procedimento adotado no Procon é a consulta do contrato antes que seja realizado qualquer pagamento de divida.

Thiago disse não ter conhecimento do caso e que solicitaria uma cópia do boletim de ocorrência registrado pelo aposentado para analisar quais medidas a serem tomadas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 223 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal