Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

01/04/2009 - Portal Terra Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Faça o teste e veja que tipo de mentiroso você é


Apesar de o dia 1° de abril ser considerado o Dia da Mentira, é mais do que comum deparar-se com mentirosos em qualquer outra data. Há quem conte uma mentirinha de vez em quando só para evitar constrangimentos. Outros mentem descaradamente para obter vantagens ou criam idéias falsas por compulsão e até são capazer de acreditar nas fantasias que criam. E, você, que tipo de mentiroso é? Aproveite essa oportunidade para saber a verdade. No teste abaixo, marque as alternativas que mais se encaixam com seu modo de ser e confira a resposta ao final.

1. Sua chefe aparece com um corte de cabelo novo, que definitivamente não ficou bom. O que você diz?
a) Evito comentar o assunto. Se ela perguntar, tento disfarçar meu constrangimento e digo que ficou bom. Para que deixá-la triste? Só falaria a verdade se fosse alguém mais próximo.
b) É claro que vou falar que ficou ótimo e, se bobear, perguntar quem foi o autor daquela verdadeira obra-prima. Nunca perderia a chance de ganhar pontos com a chefinha.
c) Diria que ficou bom. Elogiar é sempre mais fácil, mesmo quando não é a verdade.
d) Digo que não gostei. Se ela quiser saber o motivo, explico. Quem sabe não arruma o estrago?

2. Em uma entrevista de emprego, o entrevistador pergunta o que acha da política da empresa. Se você não concorda com ela, o que diz?
a) Tento amenizar a minha resposta ao máximo. Comento o que não me agrada e enalteço o que acho interessante.
b) Digo que sou totalmente a favor dela. Está tão difícil arrumar um emprego que não tem nem como pensar em perder qualquer oportunidade.
c) Falo que é ótima. Mentir é a solução mais simples, não preciso nem pensar muito.
d) A verdade. Explico todos os motivos que fazem com que tenha essa opinião, mas também aponto o que acho interessante na política da empresa.

3. Depois de conhecer a sogra e não aprová-la, o que responde se o parceiro perguntar o que achou de sua mãe?
a) Digo que ela parece ser legal, mas sem entrar em detalhes. Afinal, nem sempre a primeira impressão corresponde à realidade.
b) Respondo que a adorei. Assim, ganho pontos com o parceiro.
c) Falo que a aprovei. Dizer a verdade é sinônimo de briga.
d) Digo o que achei, mas com jeitinho para não magoar.

4. Se você fosse vendedor em uma loja de roupas, o que faria se o modelito não caísse bem no cliente?
a) Procuro não comentar. Se perguntar minha opinião, falo que ficou bom. Afinal, o que importa é que o cliente se sinta bem com a roupa.
b) É lógico que falo que ficou perfeito. Quanto mais vender, melhor é.
c) Falo que caiu bem. Mentir é a alma do negócio.
d) Meço as palavras, é claro, e digo o que exatamente não ficou bom. Em seguida, falo que o look poderia ficar melhor se trocasse uma das peças por outra que vou oferecer.

5. Você acordou atrasado e chegou tarde ao trabalho. O que diz?
a) Falo que tive problemas pessoais e peço desculpas pelo atraso.
b) Digo que cheguei tarde, porque tive uma ideia ótima para resolver determinado problema, comecei a desenvolvê-la e acabei perdendo a hora. Assim, pareço um funcionário que realmente veste a camisa da empresa.
c) Conto que tive de levar um familiar ao hospital, peguei um trânsito insuportável e, ainda por cima, bati o carro.
d) Nada além da verdade. Posso perder pontos com meus chefes, mas prefiro isso a perder a confiança deles.

6. Você ganhou um presente de uma tia distante e não gostou da lembrança. Qual é a sua reação?
a) Falo que gostei, não tem porque deixá-la triste. Posso trocar o presente ou dar para outra pessoa depois. O que vale é a intenção.
b) Digo que adorei e ainda dou um abraço apertado nela. Assim, ela vai falar para os outros que sou uma pessoa simpática.
c) Antes mesmo de abrir a caixa, já me concentro para sorrir e dizer que adorei o presente. Sempre faço isso e dá certo, porque a reação fica muito natural.
d) Não finjo que gostei. Se perguntar, falo a verdade.

7. Se você quer sair à noite com os amigos e o parceiro não gosta da atitude, qual a solução?
a) Digo que estou com saudades dos amigos e que há alguns no grupo que não vejo faz tempo. Mas, se mesmo assim o parceiro não gostar, deixo de ir. Mentiras só valem se não trouxerem prejuízos a ninguém.
b) Digo que vou ficar trabalhando até tarde. Além de conseguir me divertir, ganho fama de trabalhador.
c) Invento uma desculpa, se possível com muitos detalhes, para não parecer mentira. E, depois, saio com os amigos, é claro.
d) Explico que gostaria de sair com meus amigos e que não há mal nisso. Prefiro esclarecer as coisas a ter de fazer tudo escondido.

RESPOSTAS
Se assinalou mais alternativas A, você é um MENTIROSO INOFENSIVO. Mentir, para você, só vale mesmo quando não trouxer prejuízos ou em uma situação social que possa causar constrangimentos desnecessários. Moderação é fundamental em todos os aspectos. Só tome cuidado para não vacilar e se tornar um mentiroso compulsivo ou alguém que mente para se dar bem.

Se assinalou mais alternativas B, você é um MENTIROSO INTERESSEIRO. Inventar lorotas para se sair bem de qualquer situação já se tornou um hábito, não? O problema de agir assim é que pode perder a confiança dos outros. Portanto, trate de mudar logo o seu comportamento.

Se assinalou mais alternativas C, você é um MENTIROSO COMPULSIVO. Está tão acostumado a mentir para afastar a realidade que nem percebe mais o hábito. Lembre-se de que passar a acreditar na fantasia pode indicar um quadro patológico. Cuidado! Que tal buscar ajuda e, ao mesmo tempo, tentar aceitar suas opiniões e seu jeito de ser, enfim mostrar-se como realmente é aos outros?

Se assinalou mais alternativas D, você é SINCERO. Artimanhas para fugir da realidade realmente estão fora dos seus costumes. Só tome cuidado para não magoar alguém desnecessariamente, por exemplo, quando receber um presente que não gostou. Se a pessoa não é tão próxima, que mal há em evitar mostrar o descontentamento e simplesmente trocar a lembrança?

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 179 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal