Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

01/04/2009 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cartilha ajuda idosos a evitar golpes bancários


RIO - Para evitar que idosos sejam vítimas de golpes bancários, a Universidade Aberta para a Terceira Idade (Unati), da Uerj, lançou nesta semana uma versão atualizada da cartilha de procedimentos bancários para a pessoa idosa. O livreto, com 16 páginas e várias ilustrações, explica como as pessoas mais velhas podem lidar com cheques, internet e operações bancárias. Algumas das orientações que estão na cartilha são:

- Evite ir ao banco sozinho;

- Em caso de dúvidas, procure um funcionário da agência com identificação;

- Evite a ajuda de estranhos;

- No caixa, não deixe que ninguém veja a sua senha;

- Confira o dinheiro no caixa, nunca fora da agência;

- Não aguarde a senha junto ao cartão;

- Use os caixas eletrônicos dentro da agência ou em lugar bem movimentados.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de idosos no Rio de Janeiro aumentou de 1,540 milhões no ano 2000 para 2,230 milhões em 2007, correspondendo a quase 14% da população. Muitos vão sozinhos a bancos e caixas eletrônicos - e acabam sendo as vítimas mais visadas pelos golpistas.

- Eles veem que eu sou senhora e mais velha. Vêm com uma conversa, pegam o dinheiro e somem - contou a aposentada Olga Pacheco.

- As pessoas idosas são mais vulneráveis a serem enganadas por pessoas de mau-caráter, principalmente quando elas estão nas agências bancárias. Tem aquele golpe de que a pessoa estaria recebendo um valor de um determinado prêmio de loteria ou então de achar um cheque e pedir para trocar, porque vai ter uma vantagem maior - explicou a delegada titular da Delegacia da Terceira Idade, Catarina Nobles.

- Eu não conhecia a cartilha, mas acho que deve ser de uma valia muito grande. Eu acho que o próprio banco deveria ter isso para distribuir. Decorar as senhas é fácil de fazer, mas, se tiver que fazer outras operações, eu já sinto dificuldade e prefiro ir direto no caixa - disse Dona Ezia, idosa que costuma ir a bancos desacompanhada.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 282 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal