Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

01/04/2009 - Correio da Manhã Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

BPN diz assumir desvio de milhões

Por: Manuela Teixeira e Miguel Alexandre Ganhão

Gondomar: Administração cobre desfalque do gerente a seis clientes.

Uma semana depois de simular suicídio, Artur Alho está vivo e no Sul de Espanha, para onde fugiu. O gerente da agência do BPN de Gondomar tentou, assim, evitar ser responsabilizado pelo desfalque de 2,5 milhões de euros que foram desviados das contas de seis clientes. A administração do BPN garante assumir os compromissos com os lesados, mas averigua se há mais casos, mas não decidiu se apresenta queixa contra Artur Alho.

'Os clientes não podem ser prejudicados pelos actos do funcionário', disse ao CM fonte da administração do BPN. Contudo, está ainda a ser investigado se Artur Alho agiu sozinho. A possibilidade de ter desviado os 2,5 milhões de euros em conivência com algum dos seis clientes, cujas contas foram alvo do desfalque, está ainda a ser apurada, no âmbito da auditoria interna que também detectou várias irregularidades na agência de Gondomar.

Artur Alho conseguiu escapar de carro para Espanha antes de ser descoberto, mas a encenação de suicídio não convenceu, desde o início, as autoridades policiais. Segundo o CM apurou, a simulação foi denunciada por si própria. Tinha demasiados pormenores, pouco habituais em actos suicidas. E a primeira dúvida residiu num facto insólito: na carta de despedida que deixou aos familiares, Artur Alho escreveu um número de telemóvel. As circunstâncias em que deixou o carro, com os quatro piscas ligados, também causaram estranheza à polícia.

No rasto do gerente do BPN, uma auditoria interna detectou o desfalque no valor de 2,5 milhões de euros na agência de Gondomar e a investigação apostou na fuga do gerente de balcão Artur Alho.

Dias depois o suspeito foi localizado em Espanha, mas a família de Artur Alho continua a afirmar que não tem qualquer contacto com ele. 'Dizem-nos que está vivo. Ainda bem que assim é, mas não sei mais nada, nem sei onde está', garante ao CM o filho de Artur. n

BANCÁRIO DEIXOU SUSPEITAS EM OUTROS BANCOS

Artur Alho deixou suspeitas de desvio de dinheiro ao longo da carreira. O bancário, de 60 anos, trabalhou vários anos numa agência do Crédito Predial Português, em Valongo, e depois num balcão do Banco Internacional de Crédito, no Porto. Nunca veio a público qualquer denúncia, mas o CM sabe que diversos clientes se queixaram de problemas na gestão de empréstimos geridos por Artur Alho. Foi convidado a sair de ambas as instituições bancárias, mas o escândalo foi sempre evitado. Acabou por entrar no BPN, na zona Norte, logo na fundação , em 1993, quando foi feita a fusão das Sociedades Financeiras Soserfin e Norcrédito. Artur Alho era próximo de Oliveira e Costa, administrador do BPN, que está detido, por suspeita de branqueamento de capitais, fraudes e burlas.

16 ANOS NOS BALCÕES DE GONDOMAR

Durante 16 anos, Artur Alho geriu créditos no BPN, em duas agências de Gondomar. De acordo com as normas internas, ia ser transferido para outro balcão. Terá sido, por isso, que Artur Alho avançou com um plano de fuga – simulando o suicídio. Deixou uma carta manuscrita com pedido de desculpa à família, em que também dava várias explicações sobre irregularidades relacionadas com os empréstimos que concedeu. Na missiva negava ter tido qualquer proveito próprio, antecipando assim uma defesa à situação do desfalque que viria a saber-se poucos dias após o seu estranho desaparecimento.

DETALHES

BUSCAS

Durante vários dias, os mergulhadores dos Bombeiros Sapadores de Gaia realizaram buscas no rio Douro, na zona da barragem de Crestuma.

INVESTIGAÇÃO

A investigação policial nunca esteve convencida do suicídio mas também não havia suspeitas de homicídio nem de sequestro.

FAMÍLIA

A mulher, Rosa Maria, nunca quis falar sobre o desaparecimento do marido.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 654 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal