Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

25/03/2009 - Midiamax Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Chapadão: advogado paulista é preso por falsidade ideológica

Por: João Prestes


O advogado Marcos Rogério Seloto, residente em Adolfo (SP), foi preso ontem à tarde em Chapadão do Sul por mandado de prisão expedido pelo juiz Gil Messias Fleming. Seloto esteve em Chapadão do Sul na última semana patrocinando ações a favor de sua cliente envolvida em processo de separação judicial e se fez passar por outro advogado, Marcos José Camarim, seu sócio em um escritório de advocacia em José Bonifácio (SP).
Na quarta-feira (18) passou o dia contactando promotores, cartório forense, o juiz de direito, o delegado e até o Conselho Tutelar, cuidando do processo de separação de uma cliente. Apresentava-se sempre como Marcos José Camarim. Chegou a retirar o processo do Fórum, que corre sob segredo de Justiça, e entrou com uma petição a favor da interessada.

No fim do dia voltou ao Fórum pedindo para apressar uma citação judicial. Foi aí que a farsa começou a cair. A chefe do cartório pediu que o advogado apresentasse a carteira da OAB. Ele saiu para pegar o documento no carro e não retornou mais.

O juiz Gil Messias Fleming foi informado da suspeita, chamou o delegado Lúcio Fátima para procurar o advogado. Mas ele já havia saído da cidade. No hotel onde esteve hospedado, dividindo o mesmo quarto com a cliente, registrou-se com um terceiro nome: João Roberto Garetti.

A descoberta

A descoberta da farsa se deu ontem, com a conseqüente prisão do estelionatário. Às 14 horas ocorreu uma audiência com o juiz Gil Messias Fleming para se decidir sobre a guarda dos filhos do casal em litígio. Curiosamente, o sujeito que compareceu dizendo ser o advogado Marcos José Camarim, com documentos e carteira da OAB, em nada se parecia com o outro, que na semana anterior esteve no mesmo Fórum e respondendo por esse nome.

Os dois promotores de justiça que atuam no caso, Eteocles Brito Junior e Marcus Vinicius Tieppo Rodrigues, confirmaram ao juiz que aquele não era o homem que haviam atendido na semana anterior. O juiz, então, expediu ordem de prisão contra Marcos Rogério Seloto.

Imediatamente a Polícia Militar iniciou busca na cidade para prender o estelionatário. Sua caminhonete Blazer preta foi interceptada na saída da cidade, na MS 306. Ele aguardava a cliente e o advogado Camarim, que vinham a pé, sob chuva, para deixarem a cidade em seguida.

Preso, Seloto foi levado de volta ao Fórum de Chapadão do Sul, onde prestou depoimento aos promotores Eteocles e Marcus Vinicius. Do Fórum foi para a delegacia, onde continua preso. Ao repórter do site Jovem Sul News, disse que é criminalista e que vai “tirar de letra” a situação.

Deve responder entre outros crimes por Falsa Identidade, agravada por tê-la usado junto a funcionário público, e por Falsidade Ideológica, crimes que podem custar-lhe até 18 anos de prisão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 366 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal