Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

25/03/2009 - Circuito Mato Grosso Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Operadora contrata hacker que causou prejuízo de US$ 20 milhões


Um hacker com 19 anos, que cumpriu pena por invadir mais de 1 milhão de computadores em todo o mundo e causar prejuízo de milhões de dólares, foi contratado por uma operadora de telecomunicações neozelandesa.

Owen Thor Walker foi colocado em liberdade em meados do ano passado, quando tinha 18 anos, depois de admitir ter criado e enviado vírus e acessado a dados pessoais. Segundo o FBI, essas ações provocaram prejuízos de US$ 20 milhões.

Ele agia em parceria com uma rede internacional que teria invadido cerca de 1,3 milhões de computadores, principalmente para roubar dados bancários.

O especialista em informática foi contratado pela TesltraClear, filial do grupo australiano de telecomunicações Telstra. "Ele dá conselhos sobre a maneira de reduzir os riscos e do que motiva os cibercriminosos", explicou Chris Mirams, diretor da TelstraClear. Na companhia, ele já realizou palestras e também participou de uma campanha de marketing. Seu salário não foi divulgado.

Walker, que usava na internet o pseudônimo "Akill", começou a cometer os delitos quando ainda estava no colégio. O jovem criou um vírus único encriptado indetectável pelos programas de antivírus, segundo a polícia. Esse código permitia acesso aos nomes de usuário e às senhas dos internautas, assim como aos números de cartões de crédito.

A investigação começou depois que um ataque contra 50 mil computadores bloqueou o servidor da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, em 2006. Walker morava com os pais quando cometeu os delitos, mas estes acreditavam que o filho se dedicava a criar programas de maneira legal.

Depois de admitir culpa, Walker foi liberado pela Justiça da Nova Zelândia – para isso, ele teve de pagar uma multa referente ao que teria ganho da rede internacional com seu conhecimento em informática. Sua ficha não ficou suja.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 185 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal