Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

25/03/2009 - Jornal A Cidade Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha faz empréstimo no nome de aposentados

Por: Jucimara De Pauda


Aposentados de Ribeirão Preto são vítimas de golpistas que os obrigam a assinar papéis em branco e a entregar documentos usados pela quadrilha para conseguir empréstimos em bancos e fazer financiamentos de veículos. O golpe vem sendo aplicado desde o início do ano e já fez 20 vítimas. Elas registraram as ocorrências no 1º Distrito Policial de Ribeirão.
Ontem mais uma pessoa foi à delegacia e disse ter assinado um papel em branco e passado todos os números dos documentos para uma mulher, que se apresentou como funcionária do INSS.
“Ela disse que estava fazendo o recadastramento e que se eu não fizesse não receberia meu dinheiro. Eu assinei um papel em branco, passei os documentos todos. Agora estou com medo de ficar sem o meu dinheiro”, afirmou Adelaide Almeida Lopes, 80 anos, moradora do Ipiranga.
Adelaide disse na delegacia que estava lavando roupa em casa quando a mulher entrou no quintal e informou que ela precisava assinar os papéis.
“Eu estava sozinha e ela falou tanto na minha cabeça que assinei. Depois percebi que era golpe”, disse.
Adelaide recebe pensão do filho falecido de R$ 255. O dinheiro é usado para pagar água, energia elétrica e comprar remédios.
Na semana passada, um aposentado de 73 anos, morador do Quintino Facci II, também foi ao Distrito Policial denunciar o golpe.
Ele não se lembra de ter assinado documentos, mas recebeu em casa a cobrança de um empréstimo de R$ 1.224, dividido em 36 parcelas de R$ 74,33, que serão descontadas mensalmente no dia do pagamento da aposentadoria.
“O golpe acontece na cidade e geralmente em horários que as pessoas mais velhas estão sozinhas em casa. Ele falam do recadastramento, mas tudo o que o INSS vai fazer com o beneficiário ele avisa por carta. É um golpe que tem pego muitas pessoas na cidade”, afirmou o delegado Luiz Geraldo Dias, titular do 1º Distrito Policial.
O delegado acredita que a quadrilha que está agindo em Ribeirão Preto circula por todo o país. “São várias pessoas e essa mulher que foi à casa da dona Adelaide com certeza foi com disfarce. Hoje, eles estão aqui e amanhã em outros lugares”, afirmou.
Segundo Dias, é muito difícil para a polícia identificar quem pratica esse tipo de delito.
Todos os casos são registrados como estelionato. A pena para este tipo de crime é de um a quatro anos de prisão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 389 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal