Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/03/2009 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Civil descobre duas quadrilhas de estelionatários em menos de um dia

Por: Gustavo Goulart


RIO - Duas investigações feitas simultaneamente por policiais da 13ª DP (Ipanema) conseguiram desbaratar na segunda-feira e nesta terça-feira duas quadrilhas de estelionatários com base de atuação na Zona Sul do Rio. Às 6h desta terça, com um mandado de busca e apreensão expedido pelo plantão judiciário do Tribunal de Justiça, agentes daquela delegacia prenderam dois angolanos que usavam documentos falsos para praticar golpes no comércio de Copacabana. Ex-aluno do curso de análise de sistemas da Universidade Cândido Mendes, Manoel Mateus José Gordo, de 36 anos, há 15 vivendo no Brasil, foi preso em casa, na Rua Barata Ribeiro, em Copacabana, com provas do crime. Ele usava seus conhecimentos em informática para adulterar boletos bancários de lojas de eltrodomésticos para comprar mercadorias com cheques falsificados. No apartamento, uma grande quantidade de equipamentos foi encontrada. O outro angolano, Antônio Sérgio Lucas dos Reis, de 32 anos, foi preso numa agência bancária com um documento de identidade falso. Ele pretendia abrir uma conta fantasma.

Na segunda-feira, os policiais prenderam em flagrante o professor de matemática e informática Alessandro da Silva, de 30 anos, e Lillian Valéria, de 45, pelo crime de estelionato. Alessandro da Silva é professor do Cefet e do Colégio Militar do Rio de Janeiro. De acordo com os agentes, o casal conseguiu fraudar em R$110 mil com o reembolso de planos de saúde e, com o dinheiro, comprar cerca de 70 relógios de marca, roupas de grife, entre outros objetos de valor. Com eles foram apreendidos vários cheques falsificados, entre eles um no valor de R$ 26 mil que seria descontado numa operadora de plano de saúde como reembolso por consultas médicas em clínicas que não oferecem esse tipo de serviço.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 400 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal