Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/03/2009 - Correio Braziliense Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha de falsificação de softwares é desarticulada no DF

Por: Gabriela Lima e Diego Amorim


Uma megaoperação da Polícia Civil do Distrito Federal desarticulou, na manhã desta quinta-feira (19/3), uma quadrilha especializada em falsificar softwares de computadores. A Operação Filatélica cumpriu 43 mandados de busca e apreensão e 16 de prisão. O grupo é acusado de comprar computadores baratos, colocar programas com selo da Microsoft e revender como se fossem produtos da empresa norte-americana, líder no segmento.

Das 16 prisões, uma foi feita em Salvador, outra em Luziânia e o restante no Distrito Federal. Pelo menos quatro dos detidos foram identificados pela polícia como líderes da quadrilha. A 10ª DP (Lago Sul) está à frente das investigações porque parte dos acusados mora do Lago Sul, área mais nobre de Brasília. Entre eles está o proprietário de uma das maiores lojas na Rua da Informática, na 207/208 Norte.

Os falsificadores fabricavam os selos da Microsoft em oficinas particulares. Alguns dos locais em que a polícia cumpriu mandato de busca e apreensão foi na Feira dos Importados, no SIA, e também em lojas de informática de renome em Brasília. A polícia explicou que, por hora, não divulgará os nomes das lojas e envolvidos para não atrapalhar as investigações.

Participaram da operação 300 agentes de várias delegacias do DF, entre eles 43 delegados. Além de prender suspeitos, os policiais recolheram centenas de DVDs, CDs e computadores. Na casa de um dos presos, também foi encontrada uma arma calibre 12. O trabalho começou à 5h.

A polícia acredita que a quadrilha agia há, pelo menos, dois anos no DF e também em Goiás, Bahia e São Paulo. Todos os integrantes do grupo eram empresários do ramo de informática. A ação deflagrada nesta quinta-feira é resultado de uma investigação policial que durou seis meses.

A polícia diz que por meio dessas fraudes, os empresários lucraram alto e adquiriram carros e imóveis. Os integrantes da quadrilha terão o patrimônio investigado. Mas, para a polícia o prejuízo é incalculável.

Os acusados serão indiciados por formação de quadrilha, estelionato e crime contra a propriedade intelectual - falsificar produtos de uma marca registrada.

De acordo com o delegado, que a distinção entre softwares originais e piratas é muito difícil, pois a quadrilha era especializada na falsificação. Para os consumidores se prevenirem do golpe o indicado é comprarem somente em lojas credenciadas e desconfiarem de preços a baixo da tabela de mercado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 152 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal