Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/03/2009 - Folha de São Paulo / EFE Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Paraísos fiscais do G20 devem incluir territórios britânicos, diz premiê de Luxemburgo


O premiê de Luxemburgo, Jean-Claude Juncker, afirmou nesta quinta-feira que, se o G20 (grupo que reúne representantes de países ricos e dos principais emergentes) elaborar uma lista de paraísos fiscais, nela devem estar os territórios britânicos e também o Estado de Delaware (costa leste), nos Estados Unidos.

"Nenhuma praça financeira deve ter como ambição viver às custas de seus vizinhos europeus", disse Juncker, ao ser questionado, em entrevista ao jornal "Libération", sobre o fato de que as ilhas britânicas de Jersey, Guernsey ou a ilha de Man não estejam sendo submetidas à mesma pressão que Luxemburgo, Suíça ou Liechtenstein por seu comportamento como paraísos fiscais.

Além disso, Juncker reclamou da "mistura" que tinha sido feita entre países como o seu, ou como a Áustria e a Bélgica, que "respeitam o direito comunitário" apesar de ter sigilo bancário e outras "jurisdições não cooperativas" na luta contra a fraude fiscal.

"O sigilo bancário de Luxemburgo, Áustria e Bélgica não é, evidentemente, uma das causas da crise bancária", ressaltou, antes de considerar pertinente que o G20, diante da cúpula de 2 de abril, em Londres, busque elaborar uma regulamentação "mais densa" dos mercados financeiros.

Afirmou que essa vontade do G20 bate de frente com os paraísos fiscais, "simplesmente porque não é possível regulamentar os mercados financeiros em uma parte do planeta e não em outra".

Apesar de não considerar que Luxemburgo seja um paraíso fiscal, anunciou que, "para esclarecer as coisas, estamos de acordo em adotar a convenção" da OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico).

"Se há uma suspeita de fraude fiscal, trocaremos informações com os [países] que pedirem, já que isso é uma manipulação do sigilo bancário", disse.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 168 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal