Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/03/2009 - Jornal A Cidade Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Seccional apura se há fraude em auto-escola

Por: Ricardo Canaveze


O delegado seccional interino de Ribeirão Preto, Maury de Camargo Segui, abriu inquérito policial para apurar suposto crime de falsidade ideológica por quatro auto-escolas de Ribeirão. Os estabelecimentos estariam burlando a lei que exige um mínimo de 20 horas de aulas práticas de quem quer tirar a carteira de motorista.
A pena para o crime é de um a cinco anos de prisão, mais multa definida pela Justiça. O prazo para a conclusão do inquérito é de 30 dias.
De 11 auto-escolas ouvidas pelo A Cidade, quatro delas ofereceram menos aulas práticas. Os atendentes de duas delas disseram que até poderiam dar desconto.
“O crime de falsidade ideológica é cometido quando você cumpre aparentemente as determinações legais e obtém com isso um certificado de conclusão que na verdade contém uma falsidade”, afirmou o delegado.
Segui disse que também vai apurar se há fraude no sistema de biometria, em que o aluno e o instrutor colocam a impressão digital no sistema do Detran.
“Precisamos avaliar se outra pessoa estaria cadastrando a impressão digital para que o aluno nem tivesse o trabalho de ir à auto-escola, o que é uma infração mais grave ainda”, afirmou.
Segui disse que poderá analisar até o hodômetro dos carros das auto-escolas e também os recibos de pagamentos efetuados por alunos.
“Tudo que o aluno paga tem recibo e isso pode ser checado pelo movimento bancário da auto-escola”, disse.
Já quanto ao hodômetro, que marca a quilometragem percorrida pelo carro, o delegado disse que vai comparar a quantidade de alunos com a quilometragem rodada.
“Se você teve uma quantidade de alunos em determinada semana, com o mesmo instrutor usando determinado veículo, então vamos verificar o hodômetro desse carro”.
Somente as auto-escolas citadas pela reportagem de A Cidade, no último domingo, devem ser alvos do inquérito.
“Vamos pela exceção. Supõe-se que todas estejam cumprindo a lei. Espero que pessoas prejudicadas por eventual má condução de veículo se sintam incentivadas a denunciar outros casos que tenham conhecimento”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 199 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal