Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/03/2009 - O Estado de São Paulo / Ag. Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Madoff, acusado por 11 crimes, pode pegar 150 anos de cadeia

Por: André Lachini

Ele é acusado de fraude, lavagem de dinheiro, falsos comunicados a investidores, perjúrio, e furto.

NOVA YORK - O financista em desgraça Bernard L. Madoff foi formalmente acusado nesta terça-feira por 11 crimes, que incluem fraude, lavagem de dinheiro, falsos comunicados a investidores, perjúrio, ter passado informações falsas à Securities & Exchange Commission (SEC) - a comissão de valores mobiliários dos Estados Unidos - e ter furtado recursos de um plano de benefícios de empregados, entre outros.

As informações partiram do promotor assistente federal dos Estados Unidos Marc Litt. Ele disse que Madoff, se condenado, poderá ser sentenciado a 150 anos de prisão. Litt disse que as diretrizes federais de sentenças, baseadas nas atuais informações sobre o caso, recomendam que Madoff seja condenado à prisão perpétua.

Litt também afirmou que não há acordo entre Madoff e o governo. Madoff, de 70 anos, á acusado de fraudes e crimes financeiros, em um esquema de "pirâmide" que envolveu um montante de até US$ 50 bilhões em uma década.

Interesses

Um dos advogados de Madoff, Ira Lee Sorkin, disse que seu cliente deverá se declarar culpado na audiência que acontecerá na quinta-feira desta semana. Hoje, Madoff e Sorkin estiveram na audiência onde ele foi formalmente acusado.

"Você espera que o Sr. Madoff se declare culpado na quinta-feira?" perguntou o juiz distrital Denny Chin em Manhattan. "Essa é uma expectativa razoável", respondeu o advogado Sorkin.

Separadamente, Madoff concordou em continuar com Sorkin como seu advogado, após os promotores terem levantado uma questão de conflito de interesses.

"É sua vontade continuar com o Sr. Sorkin como seu advogado?" questionou o juiz. "Sim, Sr. juiz", disse Madoff, que vestia um elegante terno preto e ficou em pé enquanto era questionado pelo magistrado.

Os pais de Sorkin haviam investido dinheiro em uma empresa de Madoff. Após ser acusado na SEC por fraude, em 11 de dezembro do ano passado, Madoff pagou uma fiança de US$ 10 milhões e ficou em prisão domiciliar. Uma empresa privada de segurança monitora o financista 24 horas por dia em seu apartamento no Upper East Side.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 153 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal