Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/03/2009 - Jornal da Cidade de Bauru Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Espaço vazio em cheque eleva risco de sofrer golpes e fraudes

Por: Adilson Camargo


Apesar de ter aumentado o nível de segurança para o uso dos cheques e dos cartões de débito e crédito, golpes e fraudes ainda são uma realidade, portanto, é preciso muito cuidado na hora de utilizar esses meios de pagamento. Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Informação, Verificação e Garantia de Cheques (Abracheque), 20% dos cheques devolvidos no último ano tinham como causa da devolução fraude, roubo ou clonagem.

A principal maneira de evitar um golpe é a atenção. Se por alguma razão você desconfia do cheque que está recebendo, observe se há algum problema com o mesmo. Se o cheque parece adulterado, não aceite.

Os cuidados devem ser tomados também no momento de preencher seu próprio cheque. Emita sempre cheques nominais e cruzados. Elimine os espaços vazios no campo destinado a colocar o valor. Isso dificulta a ação de bandidos que procuram adulterar o valor para receber mais pelo cheque. Assim um cheque de R$ 50,00 pode virar um cheque de R$ 150,00 ou de R$ 500,00.

Pode parecer excesso de zelo, mas tome cuidado com a caneta que você usa para preencher os cheques. Procure não aceitar caneta de estranhos que vão ficar com seu cheque. Ele poderá usar a mesma caneta para adulterar o valor, aumentando as chances da fraude passar despercebida. Por isso, procure usar sempre a sua caneta, de preferência com tinta que não apaga fácil.

Cheques preenchidos com máquina de escrever que utiliza fita plástica são fáceis de adulterar o valor, porque as letras e números podem ser facilmente apagados e substituídos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 181 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal