Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/03/2009 - DCI Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Executivos da Epson no Brasil podem ser punidos na Justiça

Por: Marina Diana


SÃO PAULO - A Epson, fabricante japonesa de equipamentos eletrônicos, como impressoras e projetores de imagens, pode pedir a punição dos três executivos brasileiros que inflaram os lucros em US$ 42 milhões por nove anos, incluindo o ano fiscal corrente. Episódio parecido vivenciou a Aracruz Celulose na semana passada, quando a empresa entrou com uma ação no Rio de Janeiro contra o ex-dirigente financeiro Isaac Zagury. Ele é acusado de causar um prejuízo de US$ 2,1 bilhões resultante de perdas causadas pela alta do dólar no mercado de derivativos cambiais.

"Acredito que os executivos possam ser responsabilizados judicialmente em caso de fraude dolosa. E isso deve ser considerado, mesmo porque o erro se repetiu por nove anos. É difícil imaginar um equívoco sistemático por tantos anos. Todo erro repetido é falta de inteligência", afirma diretor da Directa Auditores Clóvis Ailton Madeira.

Além disso, a repercussão do caso no Brasil deve fazer com que o valor das ações na Epson sofra queda, já que os acionistas podem perder a confiabilidade no comitê gestor da empresa no Brasil. É o que aposta o diretor de normas internacionais da Associação Nacional dos Executivos de Finanças e Contabilidade (Anefac) e sócio da Allieve Gestão Sustentável Edmir Lopes de Carvalho. "Existiu uma falta de controle interno e certamente os responsáveis serão punidos. Li que os executivos não vão abrir os demonstrativos financeiros dos anos anteriores, apenas o de 2008. Com isso, como ficam os dividendos dos acionistas? Não vai mais existir confiabilidade das informações e, certamente, o valor das ações da Epson tendem a cair", aposta Carvalho. "Também acredito numa falta de investigação externa da empresa no Brasil Eles foram omissos", acredita.

Entenda

Na semana passada, a Epson divulgou os resultados financeiros do terceiro trimestre de 2008 com uma surpresa: diretores nas subsidiárias do Brasil e do México manipularam os balanços, provocando perdas de US$ 45,2 milhões, sendo US$ 13,4 milhões no ano em exercício e o restante (US$ 31,8 milhões) nos nove anos anteriores. Uma equipe de investigação do escritório da Epson nos Estados Unidos afirmou que o "incidente" foi causado por um erro na hora de ajustar os diferentes padrões contábeis do Brasil e dos Estados Unidos.

No entanto, o mesmo comunicado diz que os executivos brasileiros devem ter tentado "cobrir suas posições", um jargão que no mercado significa "disfarçar perdas". E é isso que os especialistas ouvidos pelo DCI acreditam. "Alguma fraqueza de controle permitiu que isso se materializasse. Regras existem para ser cumpridas, mas se as pessoas podem não querer adotá-las. O que mais salta aos olhos são os nove anos de erro. É muito curioso", ressalta Clóvis Ailton Madeira.

Entre os motivos alegados pela matriz japonesa estão a fragilidade do mercado de tecnologia na América Latina, a falta de controle da contabilidade pelos presidentes das subsidiárias e até a diferença geográfica e de cultura dos países. "Acredito que o trabalho da auditoria que atuou no Brasil pode ser questionado. Também acho que houve falta de auditoria externa", destaca o diretor executivo da Anefac. Para Edmir Carvalho, causa estranheza o grande prejuízo no Brasil e lucro alto nos EUA. "Há diferenças de práticas contábeis, é fato, e é importante caminhar para as normas contábeis internacionais, mas nem isso pode inibir erros."

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da Epson no Brasil, mas até o fechamento desta edição não obteve retorno.

A Epson pode pedir a punição dos três executivos brasileiros que inflaram os lucros em US$ 42 milhões por nove anos. Episódio parecido ao vivido pela Aracruz na semana passada.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 331 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal