Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/02/2009 - Diário da Manhã Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Celg recupera R$ 23 milhões de fraudes de energia


O Departamento de Perdas Comerciais da Celg Distribuição (Celg D) registrou em 2008 mais de 11 mil irregularidades em unidades consumidoras de alta e baixa tensão. Desse total, a empresa vai agregar ao seu caixa receita de cerca de R$ 23 milhões. No ano passado cerca de cem mil unidades consumidoras foram inspecionadas, uma média mensal que ultrapassa 8 mil.

A fiscalização contou com o apoio das polícias Técnico-Científica e Militar nos locais com grande número de ligações clandestinas. Foi implementada ainda nova metodologia de combate às perdas, baseada no redesenho dos processos, investimentos em inteligência artificial, novas tecnologias e ampliação de mão-de-obra.

Segundo o superintendente de Comercialização da Celg D, José Carlos Zóccoli, à medida que avanços tecnológicos são alcançados, os fraudadores também se especializam. Eles passam a usar artifícios sofisticados, principalmente em medidores eletrônicos. Por isso, a Celg D está desenvolvendo um sistema de balanço energético para identificar as perdas desde o ponto de suprimento, passando por barras de subestação, linhas de subtransmissão até o alimentador e transformadores de distribuição.

Crime

O furto de energia é crime. De acordo com o Código Penal Brasileiro, o consumidor que usa ligações clandestinas ou frauda a medição pode pegar de dois a oito anos de reclusão. A Aneel determina ainda que onde for constatado algum tipo de irregularidade, seja fraude ou desvio de energia, as pessoas vão ser autuadas, e vai ser cobrado o consumo de energia realizado e não faturado, com acréscimo de multa de até 30%.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 206 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal