Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/02/2009 - ansalatina Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Pivô de esquema de pirâmides financeiras se entrega à justiça


BOGOTÁ, 19 FEV (ANSA) - O colombiano Carlos Alfredo Suárez, um dos principais representantes da empresa Dinheiro Fácil, Rápido e Efetivo (DFRE), que fazia parte de um esquema de pirâmides financeiras que causou prejuízos a milhares de investidores do país, entregou-se à Justiça nesta quinta-feira após chegar em um voo procedente do Brasil.

Segundo o promotor Mário Iguarán, Suárez se apresentou por iniciativa própria ao consulado colombiano em São Paulo e afirmou que queria se entregar à Justiça de seu país. Em seguida, embarcou para Bogotá, onde responderá a processo por captação ilegal de recursos, enriquecimento ilícito e lavagem de dinheiro.

A entrega vinha sendo negociada há mais de uma semana por seu advogado, Fernando Medina. Suárez fugiu da Colômbia no fim do ano passado, depois que o Estado interviu em sua empresa. Além do Brasil, ele havia se escondido no Panamá, na Argentina e no Uruguai.

O negócio do qual Suárez fazia parte se baseia no chamado "esquema Ponzi", que consiste em captar recursos de investidores com a promessa de proporcionar alta rentabilidade. O dinheiro aplicado por pessoas quem aderiam era usado pela empresa para pagar os clientes mais antigos quando estes decidiam fazer resgates.

O sistema é o mesmo usado nos Estados Unidos pelo operador de Wall Street Bernard Madoff. Lá, a estratégia ruiu depois que os efeitos da crise financeira internacional desataram uma onda de resgates. Com isso, Madoff ficou sem dinheiro para reembolsar seus investidores.

Na Colômbia, as autoridades locais desconfiam que as pirâmides eram usadas também para lavar dinheiro do narcotráfico. Quando a fraude veio à tona, em novembro, teve início uma onda de violentos protestos no sul do país, o que obrigou o governo a decretar o estado de emergência na região.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 198 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal