Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/02/2009 - Geek Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Criminosos podem estar usando Skype para escapar de gramposPostado

Por: Rodrigo Martin de Macedo

Ferramenta VoIP seria opção de comunicação escolhida por sua criptografia, segundo polícia italiana.

A polícia da Itália afirmou que, por sua criptografia com chave secreta, a ferramenta de comunicação VoIP Skype está sendo amplamente utilizada por criminosos.

Segundo o site TechRadar, a constatação veio da polícia de Milão, que rastreava uma chamada de telefonia fixa com um suspeito de tráfico de drogas quando ele pediu ao seu interlocutor para ligar pela rede VoIP e receber os detalhes.

A tecnologia VoIP traz dificuldade às autoridades em lidar com o problema, principalmente no caso do Skype, que utiliza uma chave de criptografia AES de 256 bits. Na prática, isso significa que um investigador precisaria fazer trilhões de tentativas para decifrar os dados da conversa telefônica, o que levaria centenas de anos. Muitos legisladores tentam fazer com que estas chaves sejam cedidas pela companhia, mas até o momento este é um segredo que continua bem guardado.

Não são só os criminosos que vêm adotando o VoIP criptografado. Os cidadãos “de bem” da Itália também têm suas razões para usar o serviço: a polícia do país está utilizando cada vez mais escutas telefônicas, tanto de linhas fixas como celulares, e isso tem levado a abusos e invasão da privacidade de inocentes, explicou o site Digital Trends.

O primeiro ministro italiano Silvio Berlusconi entregou uma proposta de lei que permitiria as escutas telefônicas apenas para crimes mais sérios, na tentativa de diminuir os casos de invasão de privacidade.

Segundo o site BBC, muita da cobertura a crimes realizada pela mídia italiana vem de informações vazadas, obtidas através de gravações de escutas telefônicas, inclusive de acusações de corrupção. Sob a nova lei, seria ilegal detalhar investigações criminais em que escutas são usadas antes que um veredicto final seja dado, algo que pode levar até 15 anos pela lentidão da justiça italiana.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 224 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal