Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/02/2009 - UOL Notícias / InfoMoney Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraudes envolvendo cheques diminuem em janeiro, aponta Telecheque


SÃO PAULO - Os comerciantes estão mais atentos. As fraudes envolvendo cheques caíram 76,67% em janeiro, na comparação com o mesmo mês do ano passado.

De acordo com o levantamento, divulgado nesta segunda-feira (16) pela TeleCheque, a taxa passou de 0,13% registrada em dezembro, para apenas 0,07% no primeiro mês do ano.

"Os comerciantes estão mais atentos, pois sabem dos benefícios que o cheque proporciona para eles e seus consumidores. Por isso, têm dobrado os cuidados para garantir o seu recebimento, não gerando prejuízo", constata José Antonio Praxedes Neto, vice-presidente da TeleCheque.

A cidade de São Paulo liderou o índice de fraudes com 0,48%, seguido do interior do estado (0,46%). Os estados do Espírito Santo, Bahia e Pará vêm em seguida com 0,24%, 0,24% e 0,20%, respectivamente.

Evite as fraudes

Para evitar o problema, emita sempre cheques nominais e cruzados e não deixe que outra pessoa preencha as folhas. Lembre-se também de nunca deixar espaços em branco entre os números ou as palavras e escreva no verso do cheque uma declaração de sua finalidade e o endosso do emitente.

Além disso, guarde os talões em local seguro e ande apenas com algumas folhas na carteira. E de maneira alguma deixe cheques assinados em branco, soltos ou no talão.

Caso você receba os talões pelo correio, analise se o envelope não tem nenhuma espécie de violação e/ou se os dados e quantidade de folhas estão corretos. Caso detecte algum problema, comunique imediatamente o banco.

Por fim, tome muito cuidado ao pagar contas de pequeno valor com cheques (sobretudo a pessoas ou lojas desconhecidas) e confira cuidadosamente os dados do canhoto com seu extrato bancário, para verificar se a compensação foi feita de maneira correta.

Dicas ao lojista

Exigir o cartão do banco e o documento de identificação do portador do cheque, além de comparar a assinatura e a foto, são alguns dos cuidados que um lojista deve ter para evitar fraudes com os cheques.

"É importante que o lojista faça uma boa identificação do emitente, como uma das medidas de precaução que devem ser adotadas, para reduzir a probabilidade de receber um cheque fraudado. Desta forma pode-se evitar transtornos e, principalmente, prejuízos financeiros", explicou em outra ocasião o vice-presidente da Telecheque, José Antonio Praxedes Neto.

Também é importante não aceitar cheques de terceiros, com valor diferente da compra ou já preenchidos, além de não receber cheques rasurados ou com manchas e borrões.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 245 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal