Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

14/02/2009 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende suspeito de praticar ‘golpe da bola’ em Vila Isabel

Homem foi preso quando receberia segunda parcela de pagamento. Ele vai responder por falsificação e será investigado por estelionato.

A Polícia Civil prendeu, na sexta-feira (13), um homem suspeito de enganar famílias do Rio de Janeiro cobrando dinheiro para levar jovens jogadores de futebol para clubes da Europa. O crime ficou conhecido como "golpe da bola".

Segundo a delegada Roberta Carvalho da Rocha, da 20ª DP (Vila Isabel), Ângelo Maciel foi preso em Vila Isabel, na Zona Norte da cidade, no momento em que receberia uma segunda parcela de R$ 5 mil de uma vítima, que desconfiou e chamou a polícia.

“Este indivíduo estava acostumado a aliciar pessoas para enviar supostos jogadores de futebol ao exterior mediante pagamento de altas quantias, transação esta que nunca chegou a ser realizada”, afirmou a delegada.

A delegada afirmou, ainda, que Ângelo confessou que aplicava o golpe. Ele apresentou documentos falsos aos policiais para tentar se passar por professor de educação física. Ele vai responder por falsificação e será investigado por estelionato.

“Nós precisamos que pessoas que foram lesadas compareçam à delegacia e o reconheçam para que possamos dar continuidade às investigações”, completou a delegada.

Os pais devem ficar atentos: A FIFA proíbe que menores de 18 anos sejam registrados como jogadores fora de seus países. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) recomenda que as famílias dêem preferência ao contato direto com os clubes.

Filho de tenente-coronel do Exército é vítima de golpe

No início de fevereiro deste ano, mais uma pessoa foi vítima de um falso empresário de futebol. O talento de Dejavan com a bola chamava a atenção do pai, o tenente-coronel do Exército Paulo Roberto de Melo. Aconselhado por amigos a procurar um empresário, ele chegou a Milton Félix Paulino que, segundo a polícia, é um falso agente.

Segundo a polícia, nos dois últimos anos, Milton roubou quase R$ 200 mil de famílias pobres coma promessa de levar jovens para jogar no exterior. O poder de convencimento do falso empresário foi tão grande que o oficial do Exército chegou a marcar um encontro com ele no aeroporto do Rio. Pai e filho embarcaram para Portugal.

Ainda no aeroporto do Rio, depois de receber R$ 25 mil, o golpista entregou ao tenente-coronel documentos falsos que foram levados a um clube português. São as queixas que o pai de Dejavan registrou na delegacia.

Duas semanas depois da conclusão do inquérito pela polícia o Ministério Público do Rio ainda estuda se encaminha para a Justiça o pedido de prisão de Mílton Félix Paulino.

No ano passado, Milton Félix Paulino foi ouvido pela polícia e negou as acusações.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 330 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal