Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

14/02/2009 - O Estado de São Paulo / Ag. Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha de clonagem de cartões é detida

A polícia agora quer levantar se existem outros comerciantes que estariam levando parte do que os bandidos ganham com a clonagem permitindo a instalação dos "chupa-cabras" em seus terminais de compra.

SÃO PAULO - Uma quadrilha formada por empresários e comerciantes, todos moradores de Araras (SP), no interior do estado, foi detida, nesta sexta-feira, 13, por agentes da equipe 5 do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra) da Delegacia Seccional de Guarulhos, região leste da Grande São Paulo.

No final da manhã, em diligência pela Rodovia Presidente Dutra, próximo ao Shopping Internacional, os policiais, sob o comando do delegado Douglas Dias Torres, abordaram Edson Silva Melo, de 31 anos, que estava ao volante de um Ford EcoSport. Com o suspeito, que mora em Araras, a 174 quilômetros da capital, e era procurado por não pagar pensão alimentícia, os investigadores encontraram dois leitores de cartão magnético - conhecidos como "chupa-cabra", pequena peça colocada em terminais de compra com o objetivo de furtar dados dos cartões e assim permitir a clonagem.

Detido, o rapaz passou algumas informações que levaram os policiais até o interior. Lá, até as 19h, em três residências, foram detidos outros três integrantes da quadrilha: Jessé Roberto Tomaz, de 31 anos, que já tem passagem por estelionato e receptação; Lauri Rodrigues, 24, com passagens por tráfico e estelionato; e Rosimeire Regina Fenina, 41, já autuada anteriormente pelo mesmo crime de estelionato. Com o trio, dono de casas de luxo e lojas de informática e anabolizantes, os policiais apreenderam duas CPUs e notebooks.

A polícia agora quer levantar se existem outros comerciantes que estariam levando parte do que os bandidos ganham com a clonagem permitindo a instalação dos "chupa-cabras" em seus terminais de compra. A Polícia Civil já pediu o sequestro dos bens da quadrilha, que atuava e Araras e na cidade de São Paulo. Os acusados, que serão encaminhados ao 01º Distrito Policial de Guarulhos e depois transferidos para algum Centro de Detenção Provisória (CDP), foram autuados por estelionato e formação de quadrilha.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 323 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal