Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/02/2009 - Jornal da Manhã Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Líder de golpes na internet volta a ser preso

Por: Eduardo Idaló


Envolvido e apontado como o “cabeça” de quadrilha na operação Muro de Fogo, da Polícia Federal, em 2007, foi preso novamente envolvido em esquema de golpes pela internet, por clonagem de cartões e invasão em contas bancárias. Igor Félix Cherim, 28 anos, foi flagrado pela Polícia Civil, no fim da noite de terça-feira (10), após longa investigação promovida pela Delegacia de Tóxicos e Combate a Crimes contra o Patrimônio.

Em posse do autor foram encontrados quase R$ 20 mil em dinheiro, além de um pendrive que tem em sua memória todas as ações fraudulentas que vinha executando. Segundo o delegado Edson Moraes, a suspeita de que Igor continuava promovendo crime de estelionato, há cerca de seis meses, motivou o início da investigação. Após acompanhar os passos do suspeito, a PC identificou também um segundo envolvido – Paulo Ricardo Pereira Félix, 21 – e confirmou a movimentação constante de ambos em agências bancárias e lojas.

Na terça-feira, a polícia abordou Paulo na rua, sendo encontrados com ele dois cartões clonados. Sem justificativa, o envolvido resolveu colaborar com os policiais e os levou até Igor. Paulo declarou que recebia de Igor 10% de comissão do valor sacado e utilizado em compras com os cartões clonados.

Ao chegarem à residência de Igor, no bairro Residencial Estados Unidos, o autor foi flagrado inserindo dados de possível vítima em seu notebook. O computador portátil foi apreendido, bem como um pendrive com as informações do esquema ilícito.

De acordo com Moraes, na memória do pendrive, além de quebra de senhas de contas particulares e de empresas, havia dados de clientes do sistema bancário, onde os mesmos efetuavam pagamentos de dívidas e realizavam compras e saques utilizando cartões clonados. Numa única pasta, por exemplo, há informações de retirada superior a R$ 15 mil de um único banco, tendo vários clientes como vítimas, em apenas um dia. “Ainda não é possível mensurar o tamanho dos danos que o golpe proporcionou às instituições financeiras e nem a magnitude do esquema fraudulento”, afirma o delegado.

Ainda na noite de terça-feira, Igor e Paulo foram levados para a 15ª DRPC. Antes de ser detido, Igor pediu aos policiais para falar em particular com inspetor da PC. A conversa foi gravada em vídeo e, na ocasião, Igor ofereceu ao inspetor a quantia de R$ 20 mil para que quebrasse o pendrive. Diante dos fatos, Igor foi autuado por estelionato e corrupção ativa.

Além do notebook, dos R$ 19.384 em dinheiro e do pendrive, foram apreendidos mais R$ 2.111 em cheques da Caixa, quatro celulares e dezenas de cartões clonados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 469 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal