Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/10/2006 - Diário de Cuiabá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Acusado de golpe no meio rural é preso pela polícia


Policiais da Delegacia do Complexo do Coxipó prenderam ontem de manhã o presidente da Associação dos Trabalhadores Rurais São Pedro, Dagoberto Antônio José Arantes, de 52, acusado de aplicar o “golpe da terra fácil”. A delegada Sílvia Pauluzi recebeu queixas de 10 pessoas que se sentiram enganadas pelo vendedor, que prometia assentar 425 famílias em lotes de 25 hectares cada na região do rio Aricá.

Cada um teve que pagar uma taxa de R$ 20 a R$ 80 a título de documentação, mas alguns deles desembolsaram até R$ 500. “As vítimas desconfiaram porque, no Intermat, foram informadas de que não existe área destinada a assentamento naquela região. Mais de 150 pessoas procuraram o órgão nos últimos dias e descobriram que não existe qualquer perspectiva de projeto de assentamento”, explicou.

Entre as vítimas consta um policial militar que alegou ter pago mais de R$ 500 para conseguir a documentação de assentamento para um parente, mas até agora não obteve qualquer resultado positivo.

Anteontem, a delegada solicitou a prisão preventiva do vendedor, que já foi decretada pela juíza plantonista Serly Marcondes Alves. Os policiais acreditam que, com a prisão do presidente, novos associados poderão procurar a delegada para registrar queixa de estelionato.

Na Associação foram apreendidos documentos, e um revólver calibre 38 e munição guardada em uma gaveta. Dagoberto foi autuado por posse ilegal de arma.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 476 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal