Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/02/2009 - Portugal Diário Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PJ deteve casal que passava moeda falsa

Detenção dos suspeitos foi feita com a colaboração da GNR do Fundão

A Polícia Judiciária (PJ) da Guarda anunciou esta sexta-feira a detenção de um casal, de 22 e 27 anos, pela presumível autoria do crime de passagem de moeda falsa na região da Beira Interior, escreve a Lusa.

Segundo Mário Bento, coordenador do Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda, a detenção dos suspeitos foi feita com a colaboração da GNR do Fundão.

Aquele responsável adiantou que o casal é suspeito de ter feito «várias passagens» de notas falsas nas zonas da Guarda, Belmonte, Covilhã e Fundão.

Durante as investigações foram apreendidas 31 notas de 50 euros falsas, sendo que 17 «estavam ainda na posse dos detidos», disse.

A PJ também apreendeu dois mil euros em moeda verdadeira e um automóvel de alta cilindrada que o casal utilizava na alegada prática criminosa.

Mário Bento adiantou à Lusa que, «dada a quantidade» de notas falsas apreendidas, existem indícios de que os detidos «estejam perto da fonte» emissora da moeda falsa, daí que a PJ continue a proceder a investigações.

Compras de baixo valor

O responsável disse também tratar-se de «uma contrafacção com alguma qualidade».

«É uma contrafacção que já falsificava alguns elementos de segurança das notas», explicou o coordenador da PJ da Guarda, salientando que a adulteração «não é perceptível de imediato».

Na sua actuação, os detidos realizavam compras «de custos baixos», em estabelecimentos comerciais da região, que pagavam com notas falsas de 50 euros «para terem o máximo lucro». «Transformavam dinheiro falso em verdadeiro», observou o responsável.

Os detidos estão hoje a ser presentes ao juiz do Tribunal do Fundão para aplicação de medidas de coacção tidas por adequadas, refere a PJ da Guarda em comunicado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 126 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal