Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/02/2009 - Plenário / FaxAju Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Major e sargento presos por estelionato


Um Major e um Sargento da Policia Militar do estado de Sergipe, foram presos na tarde desta quarta feira (05), acusados de estelionato. Foram presos o major PM Francisco Secundo de Souza, e o sargento Ananias Oliveira Filho. Secundo foi condenado a 4 anos, e Ananias Oliveira a 3. Os dois foram condenados por receberam diárias do Governo do Estado para participar do II Encontro de Policiamento Ambiental, ocorrido em Olinda (PE), entre os dias 16 e 18 de dezembro de 1997, porem eles não foram ao evento. O comandante geral da PM, coronel Magno Silvestre, disse que não está descartada a possibilidade de expulsar os dois militares da instituição. O oficial está preso no Quartel Central, na rua Itabaiana, enquanto que o sargento foi para o Presídio Militar.

O mandado de prisão foi expedido na terça-feira pelo juiz substituto da 6ª Vara Criminal (Justiça Militar), Gaspar Feitosa, e recebido e cumprido pela Polícia Militar (PM), na quarta-feira. O major – que em 1997 era tenente – e o sargento foram designados pelo Estado Maior para representarem o comandante geral no encontro de policiamento ambiental, mas não compareceram e ficaram com as diárias correspondentes. O valor na época para o oficial foi de R$ 714,78, mas hoje corrigido passou para R$ 1.477, enquanto que para o sargento era R$ 471,24, mas passou para R$ 975,18. Nos autos, não informam quantas diárias os dois teriam recebido para uma viagem que não fizeram.

No processo consta que “os acusados deixaram de comparecer ao evento” e foi “descoberto o engodo, através dos organizadores do congresso – major Targino, da Polícia Militar de Pernambuco – mas os acusados insistiam no frágil argumento de ter comparecido, alegando que as ausências no primeiro dia do seminário ocorreram devido à mudança do itinerário, já que o primeiro (major Secundo) tomou condução para a cidade de João Pessoa e só chegou no segundo dia. Mas os argumentos foram desmantelados, apesar deles terem recebido as verbas”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 277 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal