Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

05/02/2009 - Diário Catarinense Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem é preso ao tentar sacar FGTS com documentos falsificados em Blumenau

Luiz Carlos do Carmo usou uma conta de água para tentar comprovar que mora no município.

O vendedor paranaense Luiz Carlos do Carmo, 32 anos, foi preso em flagrante nesta quinta-feira, em Blumenau, depois de apresentar documentos supostamente fraudados a um atendente da Caixa Econômica Federal na tentativa de sacar o FGTS.

De acordo com a Polícia Civil, ele utilizou uma conta do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) com dados adulterados na tentativa de comprovar que mora em Blumenau.

A suspeita de falsificação chamou atenção do atendente. Carmo foi encaminhado à delegacia, onde aguarda para ser encaminhado ao Presídio Regional de Blumenau. Faltando um dia para encerrar o prazo de cadastramento para saque do FGTS, este foi o primeiro caso na cidade.

Outras 20 tentativa foram registradas em cidades da região atingidas pela chuva, mas não deram prosseguimento porque a pessoa fugia quando o atendente pedia o documento original. Segundo o atendente Valfredo Felipe de Moraes, Luiz demonstrou nervosismo quando o funcionário chamou uma colega para checar a documentação:

— O nome dele tinha uma letra maior do que o resto do texto, o tom azul do papel se diferenciava do que estamos acostumados e não possuía dobras.

Minutos depois, a gerente de atendimento Rosemari Goedert recebeu a informação da Samae que a matrícula do boleto estava no nome de outra pessoa. Carmo acabou assumindo a falsificação.

— Não sabia que era um crime tão grave. Pensei: se dá, dá; se não der, daí volto para casa — disse à reportagem.

Expectativa era voltar para casa com R$ 4 mil

Carmo mora em Londrina e está há 10 dias em Blumenau. A expectativa dele era voltar para casa com cerca de R$ 4 mil.

O superintendente regional em exercício do banco, Gilmar Back, declarou que esse foi o único flagrante em Blumenau, mas no Litoral já houve três prisões.

Mais uma pessoa foi presa nesta quinta-feira no Galegão tentando fazer o cadastro. Segundo a Caixa, ele apresentou um comprovante de residência adulterado. O homem mora em Timbó.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 214 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal