Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

03/02/2009 - SwissInfo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Executivos cometem a maioria dos crimes econômicos

Por: Geraldo Hoffmann


Para quem ainda tinha dúvidas, um estudo da empresa de consultoria KPMG dá a prova definitiva: considerando o volume de dinheiro desviado, os executivos são responsáveis pela maioria dos delitos econômicos. Pelo menos é assim na Suíça. E os crimes do colarinho branco continuam aumentando.

A KPMG analisou 74 casos publicados na imprensa e apurados pela Justiça em 2008, levando em conta apenas delitos no valor de mais de 50 mil francos (para comparar: hoje 1 franco vale 0,86 dólar). Conclusão: só no ano passado, os crimes econômicos causaram um prejuízo de mais de 1 bilhão de francos (860 milhões de dólares) na Suíça.

Em 28 desses 74 casos, executivos foram os responsáveis por danos no valor de 606 milhões de francos, enquanto em outros 17 casos funcionários dos escalões inferiores embolsaram 20 milhões de francos. Vários delitos foram cometidos contra empresas por terceiros, como administradores de fortunas, fiduciários ou tabeliães, que desviaram cerca de 260 milhões de francos.

Mais da metade do dinheiro (630 milhões de francos) foi desviada e usada para os diferentes fins: desde cirurgias plásticas até jogos de azar ou a concessão de empréstimos a parentes ou conhecidos. Através de fraudes e lavagem de dinheiro foram desviados 384 milhões de francos.

As principais vítimas foram investidores, por exemplo, caixas de aposentadoria, que perderam 535 milhões de francos. Sociedades comerciais tiveram danos de 217 milhões, e 214 milhões foram desviados de instituições financeiras.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 204 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal