Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/01/2009 - Jornal Pequeno Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Descoberto golpe na venda de carros zero quilômetro


O estelionatário Francisco José Medeiros, 32 anos, foi reconhecido, na última quarta-feira, dia 28, por uma de suas vítimas quando transitava na rua, e depois conduzido até a Delegacia de Defraudações, na Beira Mar. Francisco aplicava golpes por meio da venda de carro zero quilômetro. Vários funcionários da Vale também caíram no 'papo' do estelionatário.

Em seu depoimento à polícia, ele confessou o crime e confirmou também que havia conluio entre ele e os funcionários das revendedoras de veículos. "Na verdade, ele intermediava a compra de veículos nas concessionárias, se passando como vendedor free-lance dessas empresas. Quando aparecia um cliente interessado em comprar um carro, ele dizia que facilitava o financiamento. Na hora da compra, ele embolsava a entrada, feita em dinheiro. Quando o comprador recebia o carro e os valores da prestação, percebia que não havia o desconto da entrada", disse o delegado da Delegacia de Fraudações, Sólon Pinheiro.

Em um dos casos de estelionato que praticou, Francisco embolsou R$ 13.700 de um cliente que queria comprar um Siena. Ele o levou à Euromar e fechou o contrato, dizendo que o financiamento por lá era mais fácil para ele comprar o carro que queria. Acabou comprando um Voyage, sem que o cliente soubesse. O cliente então foi levado para a Alvema, onde também fechou um contrato de outro veículo, sem saber, dando de entrada o Voyage. Quando o cliente soube, estava com dois contratos fechados e um carro à disposição pela Euromar.

Apesar de confessar o crime, Francisco foi liberado, pois não foi preso em fragrante, e responderá em liberdade. Caso seja condenado, ele pode pegar de um a cinco anos de prisão, mas seu crime é afiançável. Muitas vítimas já o haviam denunciado, entre eles, oito funcionários da Vale. "Ele pratica esse golpe há mais de um ano. O último foi no dia 23 de dezembro do ano passado", informou o delegado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 225 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal