Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/10/2006 - A Tarde Online / Agência Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mecânico é preso ao se passar por médico em SP


O mecânico Cristian Wagner Cabral, de 29 anos, foi preso em flagrante em Indaiatuba, região de Campinas, por se passar por um médico ginecologista do Hospital Augusto de Oliveira Camargo. Segundo informou o diretor técnico do hospital, Edmir Deberaldini, Cabral teria feito dois atendimentos um de uma adolescente grávida que esperava consulta do pré-natal e outro, de uma paciente em observação pós-parto.

O rapaz foi detido por seguranças e pela polícia no estacionamento do hospital. Cabral foi mandado para o Centro de Detenção Provisória de Hortolândia, segundo informações da Delegacia Seccional de Campinas. Ele vai responder por suposto crime de atentado violento ao pudor mediante fraude.

O mecânico teria entrado no hospital no começo da tarde e adotado o nome Paulo. Atendeu uma garota de 21 anos. A polícia recebeu a informação de que o falso médico teria pedido à mulher que levasse o filho para outra sala.

Cabral foi descoberto depois de atender a adolescente de 15 anos. Assim que terminou a consulta falsa, o verdadeiro médico que atenderia a gestante a chamou. A garota disse que já tinha sido atendida. Os médicos e seguranças acionaram a polícia. "O Ministério Público vai apurar os crimes que ele cometeu lá dentro. Nós vamos fazer uma avaliação interna, para ver de quem foi a falha, o que ocorreu para que o rapaz pudesse entrar", afirmou Deberaldini. O médico suspeita que o mecânico tenha entrado em horário de visitas e ficado no hospital.

Segundo a diretoria do estabelecimento, Cabral passou por médico da casa apenas naquele dia. "Foi um caso pontual", disse Deberaldini. A Polícia Civil de Indaiatuba vai investigar se o mecânico já se fez passar por profissional da saúde em outros estabelecimentos.

O hospital Augusto Oliveira Camargo atende de 12 a 13 mil pessoas por mês, faz 1,2 mil internações mensais e tem 150 leitos. "O hospital é grande. Isso nunca tinha ocorrido e foi um episódio fortuito e a segurança interna funcionou rapidamente", afirmou a direção. Por enquanto, a segurança não será reforçada.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 481 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal