Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

28/01/2009 - Cosmo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem é preso ao aplicar golpe do bilhete premiado

Por: Venceslau Borlina

A ação de uma dupla de estelionatários gerou pânico no começo da tarde de hoje no Centro de Paulínia.

A ação de uma dupla de estelionatários gerou pânico no começo da tarde de hoje no Centro de Paulínia. Após aplicar o golpe do bilhete premiado em um homem de 64 anos, Luis Fernando Teixeira da Silva, de 36 anos, saiu correndo pelas ruas, pulou a cerca do Parque Ecológico e se escondeu no mato entre as jaulas dos animais. O outro criminoso conseguiu fugir. O parque foi todo cercado pela Guarda Municipal e o homem capturado. Ele foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil da cidade, da onde saiu para ser levado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) do Complexo Penitenciário Campinas-Hortolândia.

Durante a invasão no parque, algumas famílias com crianças passeavam pelo local. Uma mulher que não foi identificada passou mal com o susto e teve de ser socorrida por uma ambulância. Durante o período de férias escolares, o parque é muito visitado por famílias da cidade e de municípios vizinhos como Hortolândia, Sumaré e Cosmópolis. Apesar disso, não há presença de guardas municipais no local. De acordo com o diretor da Secretaria Municipal de Segurança Pública, Fábio Feldman, a segurança no parque, com a presença de guardas municipais, é feita somente aos finais de semana. Durante a semana, uma viatura da Guarda com dois homens apenas circulam pela região. 'Estamos reestruturando a guarda para analisar as prioridades de segurança em Paulínia, inclusive com a presença de homens em locais como o Parque Ecológico', disse.

A vítima do estelionato conseguiu recuperar os R$ 9 mil que havia entregado ao golpista. De acordo com depoimento à polícia, Silva teria exigido uma quantia para assegurar que a vítima não sumiria com o bilhete premiado ao ir até o banco e sacar parte do prêmio. 'Enquanto ele foi ao banco sacar, o estelionatário fugiu. A esposa da vítima saiu correndo, gritando por socorro, quando fomos avisados via rádio da suspeita de roubo. Com ajuda das testemunhas que viram o homem correndo, conseguimos chegar até ele no Parque Ecológico. Ele estava deitado atrás de uma moita e não resistiu à prisão', contou o guarda municipal Valdir Aparecido da Silva.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 310 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal