Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

28/01/2009 - Diário de Cuiabá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falsário deu golpes de R$ 1 milhão

Por: Adilson Rosa

Com a utlização de documentos falsos, golpista abria empresas que só existiam no papel, mas que eram usadas para obter empréstimos bancários.

Policiais militares prenderam em flagrante Ayrton Carlos de Figueiredo, de 40 anos, acusado de usar mais dois nomes falsos e os respectivos documentos, um aparato ilegal do qual se valia para aplicar golpes na praça. Além de vários documentos pessoais e de empresas de marmoraria de Cuiabá, os PMs do Serviço Reservado do 9º Batalhão apreenderam com ele um fuzil 030 e um revólver calibre 38, além de 94 munições de fuzil.

A prisão de Ayrton Carlos foi realizada anteontem, por volta da 8 horas, na casa dele, no Bairro Paiaguás, nas proximidades do Detran.

Segundo os policiais, O suspeito se passava por Manoel Paulino da Silva e também por Antônio Carlos Figueiredo. Seus golpes teriam provocado um prejuízo de cerca de R$ 1 milhão a várias instituições bancárias nos últimos cinco anos. Quando conseguia um bom dinheiro, o golpista deixava a empresa e abria outra, usando outros documentos, sempre com a mesma foto dele.

Segundo o tenente Gabriel Leal, por meio desse esquema, o acusado falsificava carteiras de identidade e conseguia CPFs falsos. Com isso, tinha facilidade em abrir contas bancárias empresariais – desde 2004 foram cinco marmorarias que abriu usando nomes diferentes. “Fazia toda a movimentação da empresa. Obtinha empréstimos altos e, sem condições de pagamento, quebrava a empresa. A partir daí, partia para outro golpe”, explicou.

A falsificação era grosseira, pois deixava indícios de que a foto original tinha sido substituída pela foto dele. Foram apreendidos quatro RGs com nomes diferentes, mas com a mesma fotografia do acusado – a prova documental do golpe.

O que chamou a atenção dos policiais foi o fato de o golpista ter usado o mesmo ramo comercial para todas as contas. No entendimento deles, é um tipo de negócio que não chama a atenção nem das instituições financeiras. Mas os policiais não souberam informar se os documentos usados pelo golpista são produto de furto, roubo ou até mesmo oriundos de “laranjas”.

Com a prisão do golpista, os investigadores esperam que mais vítimas apareçam, uma vez que as compras eram discretas. Os policiais lembram que alguns cheques ainda não venceram – situação que pode aumentar o valor do golpe caso haja novas devoluções.

Há dois meses, a partir de uma denúncia anônima, os policiais chegaram ao golpista. Ao revistarem a casa dele, depararam com duas armas – um fuzil e um revólver. Ayrton não soube dizer o que fazia com elas, mas os policiais suspeitam de que ele ganhava dinheiro emprestando as armas para assaltantes da região.

“O estranho é ter quase 100 munições de fuzil de um calibre pouco usado. No mínimo, estava comercializando essa munição e para pouca gente, além de cobrar caro”, observou um policial que participou da prisão.

Levado para a Delegacia do Complexo do Planalto, o golpista foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma e uso de documento falso, além de prática de estelionato.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 285 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal