Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

26/01/2009 - Sol Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Suspeita de fraude. Ex-presidente do Lehman Brothers vende mansão à mulher por 10 dólares

O ex-presidente do banco Lehman Brothers Richard Fuld vendeu a sua mansão na Florida, comprada por mais de 13 milhões de dólares há cinco anos, por apenas 10 dólares à mulher Kathleen, informa hoje o The New York Times.

O casal Fuld comprou em Março de 2004 em Hobe Sound (Florida) uma propriedade pela qual pagou 13,75 milhões de dólares e que no passado 10 de Novembro foi adquirida por Kathleen Fuld pela simbólica quantia de 10 dólares, indica o diário nova-iorquino.

Fontes jurídicas na Florida citadas pelo jornal admitiram «que o banqueiro esteja agora a transferir as suas propriedades por recear processos judiciais por parte dos investidores ou uma possível bancarrota».

Fuld está a ser investigado pelas autoridades federais norte-americanas e já em Outubro passado compareceu perante o Congresso para determinar a sua responsabilidade na falência do Lehman Brothers.

O Lehman Brothers, um banco com 158 anos de história, foi uma das vítima fulminantes das hipotecas «tóxicas». Declarou falência em Setembro de 2008, quando não conseguiu o apoio da Administração do ex-presidente George W. Bush para financiar o banco com dinheiros públicos.

A transferência feita por Fuld poderá ser considerada fraudulenta pelas autoridades da Florida, que têm agora de avaliar se a nova proprietária pagou o suficiente pela mansão.

Segundo fontes legais consultadas pelo diário nova-iorquino, a nova proprietária poderá ter pago uma verba diferente pelo palácio.

«O selo dos impostos nas escrituras diz que foram pagos 70 cêntimos em impostos, o que sugere que (Kathleen Fuld) pode ter pago 10 dólares pela casa», acrescenta o diário.

The New York Times recorda que o ex-presidente do Lehman Brothers ganhou 34,4 milhões de dólares em 2007, embora a maior parte desse dinheiro resultasse da venda de acções da empresa que depressa perderam valor. Em 2008 o banco decidiu que Fuld não receberia o bónus anual como executivo.

Para recuperar liquidez, o casal começou a desfazer-se da sua multimilionária colecção de arte, mas ainda assim a sua fortuna poderá ascender a «dezenas de milhões de dólares», assinala o jornal.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 168 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal