Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

23/01/2009 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Gerente de banco do interior de SP teria dado golpe de R$ 6 milhões em mais de 70 clientes


SÃO PAULO - O ex-gerente J.E.S.do Bradesco de Urupês, cidade a 411 quilômetros da capital, é acusado por pelo menos 70 clientes do banco, e por outros, do Banco Finasa e do Bradesco Leasing, de cometer fraudes em contratos de financiamentos que somariam R$ 6 milhões, aproximadamente. De acordo com os advogados José Mussi Neto e Emílio Ribeiro Lima, de Rio Preto, que defendem cerca de 20 vítimas, a desconfiança teve origem na análise de 44 ações judiciais de busca e apreensão de bens financiados com participação do gerente. Os valores dos contratos informados verbalmente pelo gerente aos clientes teriam sido alterados para mais, o que levou à inadimplência.

As ações estão com a juíza de Urupês, Gislaine Faleiros.

- Ela não tem obrigação de saber se houve fraude ou não. Diante da inadimplência, ela dá a busca e apreensão - afirma o advogado Ribeiro Lima.

- Agora vamos contestar.

É o caso de Adalvair Sassi Filho, que comprou um caminhão por R$ 125 mil e reboque por R$ 35 mil. Segundo os advogados, Sassi teria assinado os documentos em branco, inclusive autorização de transferência de valores.

No preenchimento do contrato, o preço do caminhão pulou dos R$ 125 mil para R$ 147 mil e o do reboque para R$ 50 mil. As prestações, dos dois contratos, somadas, seriam de R$ 4,2 mil, mas com as fraudes, ficaram em R$ 5.281,75. Os valores a mais foram parar em contas de terceiros, afirma a defesa dos clientes.

Sassi procurou o banco e foi informado de que uma auditoria interna havia constatado irregularidades. Também soube que o gerente havia sido demitido. Mesmo assim, o banco quer o caminhão e o reboque de volta.

O Banco Bradesco não comenta as suspeitas contra o ex-gerente do Bradesco de Urupês nem as ações de retomada dos bens financiados por supostas fraudes praticadas por ele.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 401 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal