Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/01/2009 - UOL Notícias / EFE Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Corretor é acusado de fingir morte para desviar atenção de fraude nos EUA


Miami, 21 jan (EFE).- Um corretor de bolsa americana foi acusado de derrubar deliberadamente seu pequeno avião para fingir sua morte e evitar, portanto, ser acusado de suposta fraude financeira, segundo documentos judiciais divulgados hoje.

As acusações contra Marcus Schrenker, de 38 anos, se apresentaram na terça-feira em um tribunal de Pensacola, no noroeste do estado da Flórida, e um juiz ordenou que permanecesse preso até a próxima audiência, prevista para a próxima semana.

Schrenker, que possuía duas aeronaves, ligou o piloto automático do pequeno avião para que caísse e pulou de paraquedas no estado fronteiriço do Alabama na semana passada, de acordo com o relatório da investigação.

A aeronave caiu perto de uma zona residencial ao norte de Milton, na Flórida, sem causar feridos nem danos materiais.

Antes de saltar, o corretor pediu ajuda por rádio, dizendo que tinha problemas com o parabrisas e que estava sangrando.

As autoridades localizaram o homem um dia depois na Flórida e o levaram a um centro médico de Tallahassee, a capital do estado, com ferimentos nos punhos por uma suposta tentativa de suicídio.

Schrenker também é acusado de fazer uma ligação de emergência falsa.

Em Indiana, a Polícia o procura por supostamente cometer uma fraude financeira, ao enganar pessoas que investiam em firmas de fundos e se apropriar de milhões de dólares, segundo os documentos judiciais.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 180 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal