Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/01/2009 - Angola Press Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Angola vai ter este ano sistema anti-fraude nas comunicações


Luanda - Angola Telecom está a implantar um sistema anti-fraude na rede de telecomunicações, com tecnologia de ponta, que deverá entrar em funcionamento, ainda este ano, "para a proteger a rede das acções dos defraudadores, combater o fenómeno e desencorajar os prevaricadores.

Em entrevista à Angop, o administrador da Angola Telecom para área Comércial, António Briffel Neto, disse terça-feira, em Luanda, que o sistema anti-fraude custou cerca de um milhão e 700 mil dólares norte-americanos e assegurou tratar-se de um instrumento eficiente que vai permitir ao país controlar a rede nacional de telecomunicações e evitar roubos de elevadas somas de dinheiro por fraudes.

Por outro, disse o administrador, a Telecom defende a existência de uma legislação específica sobre as fraudes em Telecomunicações, que tenha em conta os vários tipos de crime desta índole e a existência de mecanismos de gestão de fraudes que permitam defender os interesses do Estado angolano e das operadoras do sector.

Angola Telecom, em colaboração com a Polícia de Actividades Económicas, tem desenvolvido acções tendentes a detectar e desmantelar grupos de defraudadores nacionais e estrangeiros "oportunistas e organizados", cuja actividade tem causado danos consideráveis à economia nacional.

Segundo António Briffel Neto, a Telecom, enquanto "operadora incumbente", já pensam na necessidade de constituir uma associação nacional( e mesmo regional) da luta anti-fraude, para o controlo e o desmantelamento de zonas ácidas (locais da afixação dos defraudadores, para minimizar os níveis de fraudes (oportunistas, organizado, subscrição).

A empresa está a implementar, desde Julho de 2008, um projecto de expansão e modernização da rede fixa de telecomunicações, avaliado em USD 102 milhões, que abrange as províncias de Malanje, Zaire, Bié, Moxico Kuando Kubango e lundas Norte e Sul, cuja conclusão preve-se para finais de 2010.

A implementação deste projecto vai permitir a instalação no país de novas redes de acesso de cobre e sem fio, de 3276 quilómetros de fibra óptica, e de seis mil linhas telefónicas, bem como a instalação de mil e 392 linhas VSAT, 761 de Internet em banda larga (ADSL) e de 13 mil linhas fixas sem fio (CDMA).

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 228 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal