Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/01/2009 - Gazeta Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

TJ muda distribuição de processos para evitar fraudes

Por: Letícia Cardoso


Depois de afastar os magistrados e servidores envolvidos na Operação Naufrágio e proibir a nomeação de parentes de juizes e desembargadores para cargos de comissão, o Tribunal de Justiça do Espírito Santo adotou mais uma medida, na tentativa de resgatar a imagem do órgão e dar agilidade a tramitação de processos. O setor de distribuição não vai mais analisar a documentação que chega da primeira instância, ou seja, dos fóruns. Tudo será encaminhado direto para o desembargador que for sorteado para analisá-lo.

O setor de distribuição foi alvo de cumprimento de mandados de busca e apreensão de documentos, durante operação Naufrágio. A chefe do departamento, Barbara Sarcinelli, foi presa acusada de participação na fraude de venda de sentenças e nepotismo. Antes deste ato, todos os processos de primeira instância que chegavam ao Tribunal eram revisados pela Distribuição, que conferia a numeração das folhas, o número de volumes e outros dados para o registro e cadastro dos autos.

O ato foi assinado pelos desembargadores Álvaro Bourguignon, presidente em exercício, e Rômulo Taddei,corregedor geral da Justiça. Bourguignon garantiu que todos os processos, que ingressam no Tribunal antes do horário da distribuição (16 h), serão distribuídos no mesmo dia.

O presidente afirmou ainda que, em 30 dias, todo o sorteio para indicar o desembargador que ficará responsável por determinado processo será eletrônico. Atualmente ele é feito por meio de urnas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 178 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal