Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/01/2009 - Jornal de Negócios Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Notas de 20 euros foram as preferidas dos falsificadores no segundo semestre de 2008

Por: Paulo Moutinho

A contrafacção de notas de euro cresceu 13% no segundo semestre de 2008, quando comparado com os primeiros seis meses do ano, segundo os dados revelados hoje pelo Banco Central Europeu (BCE). Em termos históricos, a nota de 50 euros tem sido a mais contrafeita, mas no último semestre os falsificadores preferiram as de 20 euros.

A contrafacção de notas de euro cresceu 13% no segundo semestre de 2008, quando comparado com os primeiros seis meses do ano, segundo os dados revelados hoje pelo Banco Central Europeu (BCE). Em termos históricos, a nota de 50 euros tem sido a mais contrafeita, mas no último semestre os falsificadores preferiram as de 20 euros.

O BCE revela que foram retiradas de “circulação um total de 354.000 notas de euro contrafeitas. Este valor representa um aumento de cerca de 13% na quantidade de contrafacções retiradas de circulação nos últimos seis meses”, acrescenta a autoridade monetária da Zona Euro.

Recentemente, tem havido “um aumento gradual do número de contrafacções”, sendo o total de notas falsas retiradas de circulação, no segundo semestre de 2008, o mais elevado desde, pelo menos, 2004, os únicos dados disponibilizados pelo BCE em comunicado.

“Todavia, considerando que a quantidade de notas de euro genuínas em circulação também está a aumentar, o volume de contrafacções continua a ser reduzido”, salienta o BCE que alerta para que os cidadãos continuem “atentos e a verificarem a autenticidade das notas que recebem”.

Neste período, a nota mais falsificada foi a de 20 euros. “Em termos históricos, a nota de 50 euros tem sido a mais contrafeita, mas no segundo semestre de 2008 foi a de 20 euros. As três denominações intermédias (20, 50 e 100 euros) representam, no conjunto, cerca de 94% do total de contrafacções”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 166 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal