Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/01/2009 - G1 / EFE Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Madoff ia enviar US$ 173 milhões pelo correio, afirma Procuradoria dos EUA

Segundo procuradoria, investidor se preparava para desviar fundos. Ele foi preso em dezembro sob acusação de montar 'pirâmide financeira'.

O investidor americano Bernard Madoff tinha US$ 173 milhões em cheques assinados em seu escritório, que estavam preparados para ser enviados no momento de sua detenção, segundo afirmou a Procuradoria Federal dos EUA.

Na documentação apresentada nesta quinta-feira (8) perante o Tribunal federal do Distrito Sul de Nova York, a procuradoria afirma que esses cheques evidenciam que o financista pretendia desviar o dinheiro antes de ser descoberta sua culpa em uma fraude que poderia chegar a US$ 50 bilhões.

O investidor de 70 anos foi preso em dezembro acusado de montar um esquema de investimentos falsos, do estilo "pirâmide financeira", no valor de US$ 50 bilhões.

Revista no escritório

"Quando o escritório do acusado foi revistado, os investigadores encontraram cerca de 100 cheques assinados no valor de mais de US$ 173 milhões preparados para ser enviados", assegura o procurador federal interino Marc Litt no documento apresentado.

Ele acrescentou que "a única coisa que impediu o acusado de executar seu plano para desviar estes ativos foi sua detenção pelo FBI (Polícia federal americana) em 11 de dezembro".

A informação se soma à notícia divulgada na quarta-feira de que, em 24 de dezembro, a esposa de Madoff enviou a parentes e amigos jóias e relógios no valor de US$ 1 milhão.

Por tudo isso, os procuradores consideram que o nova-iorquino, de 70 anos, ainda representa um perigo para as vítimas que tentam recuperar parte do dinheiro perdido, e, por isso, deveria aguardar julgamento na prisão.

Após ser detido, um juiz federal determinou que Madoff podia permanecer em liberdade condicional se cumprisse as condições da fiança, que incluíam prisão domiciliar e o congelamento de seus ativos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 170 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal