Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/01/2009 - Diário Digital Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dinheiro falso: apreensões somam 421 mil euros até Novembro


O montante de dinheiro falso apreendido em Portugal (notas e moedas) ascendeu a cerca de 421 mil euros nos onze primeiros meses de 2008, indicam dados do boletim «Notas e Moedas» de Dezembro divulgado pelo Banco de Portugal (BdP).
O valor resulta da apreensão de 8.822 notas falsas (419.850 euros em moeda papel) e 353 peças metálicas (moeda), num total aproximado de 1.200 euros.

Nas notas, até final de Novembro, a denominação mais contrafeita em Portugal foi a de €50 (169 800 unidades), ao contrário da tendência verificada na Área do Euro, que apresenta para a nota de €20 os valores mais elevados de contrafacções apreendidas. Entre estas duas denominações contam-se mais de 50% de todas as contrafacções apreendidas na Área do Euro e também em Portugal. As contrafacções apreendidas em Portugal «têm, normalmente, uma qualidade reduzida tratando-se na sua maioria de reproduções com recurso ao inkjet», diz a mesma fonte.

Em termos das contrafacções apreendidas na Área do Euro «destaca-se pela sua qualidade a da nota de €200, produzida com recurso ao offset».

Na moeda metálica, a mais contrafeita é a peça de dois euros, com recurso à técnica de cunhagem.

Todas as contrafacções apreendidas (notas) na circulação e analisadas nos laboratórios dedicados ao efeito «são passíveis de ser detectadas através da metodologia "Tocar-Observar-Inclinar", nota o relatório do BdP.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 207 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal