Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

28/12/2008 - 180 Graus Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Vírus virtuais infernizam a vida dos brasileiros

Número de computadores infectados aumentam 92% no Brasil.

Internautas novatos ajudaram no crescimento de quase 30% neste ano no número de computadores no Brasil. O problema é que aumentou também uma praga virtual.

Fabiana é dona de casa. Depois de montar a cozinha, faltava realizar um sonho. “De ter um computador na minha casa”.

Ela ganhou um do marido. Mas, sem experiência, já foi enganada ao ler mensagens prometendo falsos prêmios. “Meu marido fala assim: ‘Desliga que isso aí é vírus’”.

Regina não desconfiou da mensagem que pedia o recadastramento do CPF. Informou os dados e a conta corrente passou a ser usada por outras pessoas. Chegou a receber um dinheiro que não era dela.

“No meu extrato tinha 40 e tantos mil reais. Falei: ‘Nossa, ganhei um prêmio’. Quando descobriram minha senha, começaram a tirar empréstimos no meu nome no meu próprio banco”.

Uma pesquisa feita por uma das maiores fabricantes de programas de informática do mundo revelou que o número de computadores brasileiros infectados cresceu 92% em um ano.

Segundo especialistas em informática, é possível usar a internet com segurança: pagar contas, fazer qualquer tipo de compras, transações bancárias. Segundo eles, as fraudes estão aumentando, mas a principal causa seria a falta de cuidados de quem usa computador.

Uma dica é nunca abrir e-mails de pessoas desconhecidas que pedem que você veja uma foto. É só clicar e o vírus se instala. “Você pode contaminar sua máquina e tanto a máquina pode coletar suas informações pessoais, como contas de bancos e coisas do gênero, ou ela pode ser utilizada para fazer ataques ou distribuir mensagens ilícitas”, explicou Wagner Meira Júnior, professor de computação.

O metalúrgico Alessandro Aparecido já teve muitos prejuízos com seu primeiro computador. “Entrou vírus, aí depois de um ou dois dias o computador já não ligou mais”.

Mas diz que em pouco tempo já orienta até os amigos. “Já ensinei para a minha vizinha. Estou super-esperto agora”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 202 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal